Logo Netfla

Quem são e o que fizeram os auxiliares de Guardiola que viraram técnicos?

Nove dias depois de ser anunciado como substituto de Jorge Jesus no comando do Flamengo , Domènec Torrent estreia amanhã no comando da equipe carioca. O jogo, válido pela rodada de abertura do Campeonato Brasileiro , será disputado no Maracanã.

Esse será o segundo trabalho consecutivo do espanhol de 58 anos como treinador desde que encerrou a parceria de 11 temporadas com Pep Guardiola.

Entre 2007 e 2018, o novo chefe do Fla auxiliar de um dos técnicos mais badalados do planeta no Barcelona (time B e equipe principal), no Bayern de Munique e no Manchester City. Juntos, eles conquistaram duas edições da Liga dos Campeões e sete títulos de campeonatos nacionais.

Torrent, que já havia dirigido equipes menores da Catalunha no início de carreira, cortou o cordão umbilical com Guardiola há dois anos, quando virou técnico do New York City, filial que os Citizens mantém nos Estados Unidos.

No futebol norte-americano, o novo técnico rubro-negro fez a melhor campanha do Leste na edição de 2019 da Major League Soccer (MLS). No entanto, seu time foi eliminado na semifinal da conferência (quartas de final) pelo Toronto FC.

Entre junho de 2018 e novembro do ano passado, Torrent dirigiu o NYC em 60 partidas. Foram 29 vitórias, 14 empates e 17 derrotas. Sua equipe marcou 108 gols e foi vazada em 81 oportunidades.

Mas o catalão não foi o único auxiliar de Guardiola que se empolgou com o sucesso do treinador e resolveu se lançar em voo solo. Pelo menos outros três ex-assistentes de Pep viraram técnicos.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo cada um deles e mostra o que eles já conseguiram fazer em suas novas carreiras.

TITO VILANOVA
Espanhol
Morreu em 2014, aos 45 anos

Tito Vilanova - David Ramos/Getty Images - David Ramos/Getty Images
Imagem: David Ramos/Getty Images

Catalão como Guardiola e Torrent, foi o braço-direito de Pep durante a passagem pelo Barcelona e ficou com o emprego do antigo chefe quando ele decidiu deixar o clube para tirar um ano sabático (e posteriormente assumir o Bayern de Munique).

Vilanova assinou contrato para dirigir a equipe culé durante dois anos. No entanto, só conseguiu cumprir a primeira temporada. Com câncer de garganta (doença que já havia enfrentado em seu período como auxiliar), ele precisou se afastar do cargo durante a pré-temporada para 2013/14.

Antes no entanto, levou o Barça à conquista do Campeonato Espanhol de 2013, com a histórica marca de 100 pontos. Na Champions, foi até as semifinais, mas acabou humilhado pelo Bayern de Munique com uma derrota por 7 a 0 no placar agregado.

O ex-auxiliar de Guardiola morreu em abril de 2014, aos 45 anos, em decorrência do agravamento no seu quadro de câncer.

JUAN CARLOS UNZUÉ
Espanhol
53 anos
Sem clube

Juan Carlos Unzué - Manu Fernandez/AP - Manu Fernandez/AP
Imagem: Manu Fernandez/AP

Responsável pelo treinamento dos goleiros em três das quatro temporadas em que Guardiola esteve à frente do Barcelona, Unzué foi o auxiliar principal da equipe catalã durante a passagem de Luis Enrique pelo banco de reservas (2014 a 2017) e até chegou a ser tratado como possível candidato a substitui-lo.

No entanto, o ex-goleiro ainda não teve uma oportunidade tão grande assim como técnico. Ele dirigiu Numancia (temporada 2010/11), Racing Santander (durante dois meses em 2012) e Celta de Vigo (entre 2017 e 2018) e Girona (no ano passado).

Nenhum dos trabalhos teve resultados expressivos. Com o Celta, o maior clube que dirigiu, Unzué conseguiu apenas a 13ª colocação na La Liga e caiu nas oitavas de final da Copa do Rei.

MIKEL ARTETA
Espanhol
38 anos
Arsenal (ING)

Apesar de espanhol, encontrou-se com Guardiola apenas na Inglaterra. Entre 2016 e 2019, o ex-meia (curiosamente também formado no Barcelona) foi o principal auxiliar do Manchester City. A parceria rendeu nada menos que oito troféus em três anos.

Em dezembro do ano passado, seu bom trabalho no Etihad Stadium chamou a atenção do Arsenal, último time que defendeu na carreira como jogador. E a equipe londrina o contratou para a vaga de treinador aberta depois da demissão de Unai Emery.

Os Gunners venceram 16 das 28 partidas disputadas desde a chegada de Arteta. Mesmo assim, o clube terminou o Inglês apenas na oitava colocação. Por outro, conquistou o título da Copa da Inglaterra e se garantiu na próxima Liga Europa.

Imagem: Laurens Lindhout/Soccrates/Getty Images

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3dias, 21horas a partir de agora
Libertadores da América
Barcelona de GuayaquilBarcelona de Guayaquil
X
FlamengoFlamengo
Ter 22/09 / Monumental de Barcelona / 19h15
Libertadores da América
Independiente Del ValleIndependiente Del Valle
- x -
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana