Logo Netfla

Para voltar aos trilhos! Fla busca primeira vitória no Brasileiro

Apontado como franco favorito ao título brasileiro por quase todos os especialistas, o Flamengo surpreendeu negativamente os fãs de futebol com os resultados negativos nas duas primeiras rodadas no torneio nacional, contra o Galo e Atlético-GO. E neste sábado, contra o Coritiba, às 19h30, no Couto Pereira, o time de Domènec Torrent entra em campo em busca da primeira vitória na competição para enterrar de vez as desconfianças e voltar aos trilhos.


Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

A fase ruim não sentido há, pelo menos, um ano e meio pela diretoria e torcedores rubro-negros foi tema da coletiva do vice-presidente de futebol Marcos Braz, na última sexta-feira. O dirigente, no entanto, minimizou as cobranças, lembrou as conquistas recentes e atribuiu os tropeços a fase de transição desde a chegada do treinador catalão.

– Acho que a torcida comeu peixes mais espinhosos antes, assim como a diretoria. Esse ano ganhamos um título internacional, um nacional e um regional. No meio desse processo todo, teve a parada. O time foi para um jogo duro contra o Atlético MG e jogou o que podia jogar, não aproveitou as oportunidades. Contra o Atlético-GO, voltou a não jogar bem, melhorou no segundo tempo, mas levou o terceiro gol, que decidiu o resultado final. Não era o resultado que gostaríamos, mas não falta vontade nem concentração dos jogadores. Vivemos um momento de transição que não foi opção, mas imposto à diretoria e temos que tratar com tranquilidade. Estamos muito longe de terra arrasada – afirmou Braz.

O dirigente também fez questão de reforçar publicamente a confiança no trabalho do recém-chegado Torrent, que já sofre questionamentos de parte da torcida. Na última quinta-feira, ainda no hotel em que o Fla estava hospedado em Goiânia, o treinador convocou uma reunião com os líderes do elenco e outros membros da comissão técnica para externar visões e debater soluções.

Aos resultados negativos no Brasileirão, se somam aos problemas a saída do lateral-direito Rafinha, que rescindiu o contrato para acertar com o Olympiakos da Grécia e o jejum de seis jogos sem balançar as redes do atacante Gabigol, a maior seca desde que chegou ao clube.

Adversário também sob pressão

Além das questões internas, o Flamengo vai ter que superar um retrospecto não tão animador em jogos no Couto Pereira. A última vitória no estádio foi em 2016, por 2 a 0, sob o comando do técnico Zé Ricardo, com gols de Guerrero e Marcelo Cirino. Em 2017, o Rubro- Negro foi derrotado, por 1 a 0, na casa do rival, enquanto nos dois últimos anos o Coxa disputou a Série B. No panorama geral, no entanto, os cariocas levam vantagem. Em 52 jogos foram 23 vitórias do Fla, 18 do Coritiba e 11 empates.

O time de Domènec Torrent também pode tirar proveito da pressão que vive o rival. O time paranaense também vem de duas derrotas no Brasileirão, para Bahia e Internacional e o técnico Eduardo Barroca é alvo de questionamentos pelos torcedores. Ele enfrenta o pior momento no cargo desde que assumiu a equipe, em dezembro. Além dos resultados negativos no torneio nacional, o Coritiba perdeu os dois jogos da final do Estadual, contra o rival  Athletico-PR.

Gabigol

Gabigol está há seis jogos sem balanças as redes pelo Fla (Foto: @AlexandreVidal1 / CRF)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3dias, 21horas a partir de agora
Libertadores da América
Barcelona de GuayaquilBarcelona de Guayaquil
X
FlamengoFlamengo
Ter 22/09 / Monumental de Barcelona / 19h15
Libertadores da América
Independiente Del ValleIndependiente Del Valle
- x -
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana