Adilson Batista abriu o jogo à ESPN um dia depois de entregar seu cargo no Cruzeiro . Primeiro, em entrevista exclusiva ao Futebol na Veia , abriu o jogo sobre a situação que vive o clube mineiro e revelou até tentativas de ajuda de Palmeiras e São Paulo . Depois, em papo exclusivo com o ESPN.com.br , falou sobre a dívida celeste e demonstrou bastante admiração pelo trabalho realizado pelo Flamengo e pelo treinador Jorge Jesus.

"Tem que enaltecer, parabenizar, estudar e agradecer de ele estar fazendo esse trabalho, dando essa dinâmica. Revezando muito pouco. Um jogo intenso, bonito, gostoso de assistir. Eu já o acompanhava no Benfica, já o conhecia a intensidade que ele cobra por já ter tido atletas que haviam trabalhado com ele. É um treinador exigente, em busca da perfeição. Acho que o Brasil ganhou com isso. O Flamengo é um modelo, teve uma administração lá com o Edmundo que hoje está colhendo os frutos. Teve suas dificuldades, mas hoje é motivo de estudo. A gente tem que tirar o chapéu e aplaudir. O Flamengo merece todos esses créditos e títulos. E vai ganhar novamente o Brasileiro", disse.

Veja em tópicos a entrevista completa de Adilson:

GRUPO GESTOR DO CRUZEIRO

play
0:52

Dirigentes, Série B e política: Adilson abre o jogo sobre o Cruzeiro

Ex-treinador do clube mineiro deu entrevista EXCLUSIVA ao ESPN.com.br

"Eu acho que a gente tem que tirar o chapéu para quem teve a coragem de assumir o clube nessas dificuldades. O Cruzeiro tem uma dívida de mais de R$ 800 milhões. Momento difícil, turbulento. Algumas coisas que aconteceram dentro do clube foram inadmissíveis e o Cruzeiro está pagando por isso. Eu enalteço, agradeço, parabenizo, desejo sorte e sucesso para essa Grupo Gestor. Que eles encontrem o caminho para que a gente consiga essa retomada para voltar à Série A"

ZÉZÉ PERRELLA

"Meu amigo"

ITAIR MACHADO

"Não conheço, nunca trabalhei com ele"

SÉRIE B

"Uma passagem"

THIAGO NEVES

play
0:23

Adilson conta como foi sua relação com Thiago Neves e brinca com repórter

Ex-treinador do Cruzeiro deu entrevista EXCLUSIVA ao ESPN.com.br

"Não trabalhei com o Thiago. Eu cheguei e ele estava lesionado. Nos últimos três jogos, não trabalhou comigo e foi embora depois de uma declaração do Zezé, não lembro aqui. Não trabalhou comigo, não posso falar".

ATLÉTICO-MG

play
0:12

Adilson fala de rivalidade com Atlético-MG: 'É gostoso ganhar deles'

Ex-treinador do Cruzeiro deu entrevista EXCLUSIVA ao ESPN.com.br

"É uma rivalidade, gostosa. Tenho respeito pelo clube, trabalhei lá. Mas é gostoso ganhar deles! É muito bom!"

FÁBIO

play
0:28

Adilson fala da importância de Fábio para o Cruzeiro: 'Ídolo como Tostão e Piazza'

Ex-treinador do clube mineiro deu entrevista EXCLUSIVA ao ESPN.com.br

"Fábio é um ídolo. É como Raul, Gomes, Dida... Faz parte da história como Dirceu, Tostão, Piazza... Fábio está entre os maiores ídolos. É um grande goleiro, um goleiraço".

AMOR PELO CRUZEIRO

play
1:03

Adilson fala de seu sentimento pelo Cruzeiro: 'Quebrei a perna duas vezes e fui à seleção por esse clube'

Ex-treinador do Cruzeiro deu entrevista EXCLUSIVA ao ESPN.com.br

"Oito anos de clube, de amor ao clube. De coração. Amo essa cor. Meu olho é azul já! Eu quebrei a perna no Cruzeiro, duas vezes. Cheguei à seleção pelo Cruzeiro. Joguei com atletas que tenho o maior carinho e respeito. Sou fã do Joãozinho. Aquela escola do Cruzeiro com Dirceu, Tostão, Evaldo, Piazza, Jairzinho, Palhinha, Joãozinho, Nelinho... Eu tenho um carinho, sou um torcedor do Cruzeiro. Sou sócio".

AMOR POR MINAS GERAIS

play
0:26

Adílson Batista se declara: 'Amo Minas Gerais, adoro pão de queijo, cafezinho delicioso...'

Ex-treinador do Cruzeiro deu entrevista EXCLUSIVA ao ESPN.com.br

"Tenho uma filha mineira, amo Minas Gerais. Adoro pão de queijo, adoro queijo, cafezinho delicioso. Fui a Patrocínio, um café maravilhoso. Me deram até para eu plantar, plantei três mudas".

MESSI OU RONALDO

play
0:38

Messi ou Cristiano Ronaldo? Veja quem Adilson Batista escolheria para o time dele

Ex-treinador do Cruzeiro deu entrevista EXCLUSIVA ao ESPN.com.br

"São duas características diferentes. Um a equipe trabalha para ele, La Masia desde o início, que é o Messi. E o outro você tem que dar valor. Desde o Sporting sendo ponta, correndo atrás de lateral, depois virando centroavante e extremamente profissional. (Se tivesse que contratar um) Eu queria o Pelé".