Logo Netfla

A vida de Dome, do Flamengo, no Rio: um 'workaholic' que valoriza a simplicidade

Em um dos restaurantes mais frequentados por dirigentes do Flamengo, na orla da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, o técnico Domènec Torrent se acomoda e pede um cherne no sal grosso com risoto de limão. O peixe era o preferido do antecessor, Jorge Jesus, que optava por legumes como acompanhamento. A adaptação do prato, de certa forma, é quase um sentido figurado dos primeiros meses do espanhol no Brasil: o desafio de seguir a receita de sucesso do português, mas sem deixar de imprimir seu estilo. Hoje, ele comanda o time contra o Corinthians, às 16h, em São Paulo.

A paixão por peixe vem da infância. Nascido em Santa Coloma de Farners, em Girona, na Catalunha, Dome gostava de pescar. Foi atleta de futebol, um meia canhoto, mas se aposentou em 1989, com apenas 27 anos, quando iniciou os estudos para virar treinador. Como técnico, passou por clubes menores, antes de se tornar auxiliar de Pep Guardiola por uma década.

— É um cara bem descontraído, não exige muita coisa. É muito simples. Diferente de Jorge Jesus, que era mais exigente. Ele é bem mais tranquilo — conta um do garçom, que costuma servir o espanhol.

Leia aqui a matéria completa.

Fonte: Extra

Comentários

Jogos

Próximo jogo 2dias, 8horas a partir de agora
Libertadores da América
FlamengoFlamengo
X
Junior de BarranquillaJunior de Barranquilla
Qua 21/10 / Maracanã / 21h30
Campeonato Brasileiro
CorinthiansCorinthians
1 x 5
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana