Logo Netfla

Vitinho "dublê" de Arrascaeta é mérito de Domènec na goleada do Flamengo

Apesar do desgaste por chegar ao quarto jogo em oito dias, o Flamengo entrou em campo na Neo Quimica Arena com o melhor do elenco disponível, sem poupar peças.

E a surpresa de Domènec Torrent foi a escalação de Vitinho, não Diego Ribas, como meia central no 4-2-3-1. Algo que já fora ensaiado em outras partidas e, apesar da constante troca de jogadores, por necessidade ou convicção, o treinador já começa a sinalizar uma base titular. Com Bruno Henrique aberto pela esquerda e De Arrascaeta centralizado. Assim o uruguaio atuou antes de servir à seleção uruguaia e se lesionar.

Como jogou Vitinho, sendo uma peça móvel na frente que, ao cair pela direita, permite que Everton Ribeiro circule por todo campo para articular as jogadas. Ou finalizar, como no primeiro gol. Jogada pela esquerda, Bruno Henrique acionou Filipe Luís, que colocou na cabeça do camisa sete. Onde estava Vitinho? Aberto pela direita.

É a mobilidade no jogo de posição que muitos não percebem ou compreendem. No segundo gol, a circulação de bola, com cada vez mais inversões de jogo, encontrou Everton Ribeiro pela direita. Corte para dentro até encontrar Vitinho livre para um chute de canhota que saiu do alcance de Cássio.

O camisa sete concluiu sua atuação fantástica, o melhor em campo, com a cobrança de escanteio pela direita na cabeça de Natan no terceiro e abrindo o espaço para um das muitas ultrapassagens de Isla, mas desta vez o lateral chileno encontrando Bruno Henrique acompanhando o ataque junto com Pedro.

O Corinthians lutou, tentou e deu trabalho ao goleiro Hugo, com seis defesas em 19 finalizações do time paulista, nove no alvo. Levou vantagem nas jogadas aéreas ofensivas e Gil fez dois gols, mas o primeiro foi anulado por impedimento, minutos antes do segundo. Sem o gigante Gustavo Henrique, que saiu lesionado, a defesa, com Noga na zaga, sofreu um pouco nos cruzamentos.

Vagner Mancini tentou fazer seu time se impor na saúde com Cazares, Mantuan e Luan entrando aos dez do segundo tempo. As transições ofensivas ficaram mais rápidas e imprevisíveis. Antes, a única variação foi Otero e Everaldo invertendo nas pontas. Sem criação e isolando Boselli.

O Flamengo controlou a correria com circulação da bola - terminou com 65% de posse - e fechou os 5 a 1 com um belo gol de Diego, que entrou com Willian Arão e depois Lincoln e Ramon. Bela jogada entrando com dribles, mas com o clássico nacional já em ritmo de treino.

A maior derrota do Corinthians em seu estádio escancara a má fase do time, com risco real de rebaixamento. Mas também reforça o momento de alta do atual campeão brasileiro. Com elenco mais completo, a equipe sobra. Não só pela qualidade dos atletas, mas também por mérito de um treinador perseguido, muitas vezes covardemente, mas que enxerga futebol .

A entrada de Vitinho como "dublê" de Arrascaeta foi a grande sacada de Domènec em uma vitória histórica.

(Estatísticas: SofaScore )

Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Próximo jogo 2dias, 8horas a partir de agora
Libertadores da América
FlamengoFlamengo
X
Junior de BarranquillaJunior de Barranquilla
Qua 21/10 / Maracanã / 21h30
Campeonato Brasileiro
CorinthiansCorinthians
1 x 5
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana