Logo Netfla

Poupar ou não? Mozer e Douglas Silva opinam sobre clima antes da decisão da Libertadores

O Flamengo completou 124 anos na última sexta-feira e promoveu uma série de celebrações na sede do clube, na Gávea, na Zona Sul de Rio de Janeiro. Uma delas foi a "pelada" que reuniu importantes nomes da história rubro-negra - para qual o zagueiro Mozer deixou uma grande contribuição.

A equipe carioca está perto de conquistar seu sétimo título brasileiro. O Flamengo está 10 pontos à frente do Palmeiras, segundo colocado, a seis rodadas do fim da competição. Mas para Mozer, tricampeão nacional com o Rubro-negro (1980, 82 e 83), e que marcou presença nas comemorações de aniversário do clube, é preciso atenção até o fim. O ex-defensor ainda comentou sobre a opção de Jorge Jesus por raramente poupar jogadores.

- Enquanto não termina o campeonato, não tem nada decidido. São muitos pontos ainda em jogo, faltam seis rodadas. É preciso cimentar esse campeonato nacional. O Flamengo está numa posição muito favorável, mas eu acho que ter os jogadores em atividade é melhor do que deixar eles parados - opinou Mozer.

-> Veja a classificação do Brasileiro e use o simulador!

Outro que celebrou o aniversário do Rubro-negro na Gávea foi o ex-volante Douglas Silva. Na opinião dele, o treinador de português deve deixar alguns nomes importantes fora do confronto deste domingo, contra Grêmio, em Porto Alegre, visando a decisão da Libertadores no próximo sábado, diante do River Plate, em Lima-PER.

- Pelo o que eu tenho visto, a forma que ele trabalha, não poupar jogadores é meio difícil. Não tenho certeza, mas acho que uns três, quatro jogadores devem ser poupados. Dessa forma, a gente pode viajar semana que vem e conquistar esse título - disse.

TÍTULO CARIOCA SOBRE O VASCO EM 2004 E ABEL BRAGA

Douglas era titular no time campeão carioca sobre o Vasco. Muito aguerrido, ele é lembrado por uma entrada forte no cruz-maltino Claudemir durante o segundo jogo da decisão do estadual, que terminou com vitória do Flamengo por 3 a 1, no Maracanã. Ele falou sobre o sentimento diante do 4 a 4 frenético entre as equipes na última quarta-feira.

- Deu vontade de estar dentro do campo e matar a saudade. Ficar em casa assistindo não é a mesma coisa. Dessa vez não fui ao Maracanã. Mas a emoção voltou nessa jogo, gostei de ver. Foi um bom jogo - analisou.

Na final de 2004, o Flamengo era treinado por Abel Braga, treinador que, no início deste ano, não obteve sucesso em sua segunda passagem pelo Rubro-negro. Para Douglas, a gestão do elenco e a posterior chegada de reforços marcam a diferença entre os trabalhos de Abel e Jorge Jesus.

- Outro nível né?! (Jogadores). Muitas peças que ele tinha na mão. Eu creio que a dificuldade maior dele (Abel) foi colocar os tops para jogar e acabou não andando. Chegaram jogadores de nível europeu e o time do Flamengo melhorou. É difícil para o treinador. Os resultados acabaram não vindo e infelizmente aconteceu o que aconteceu - finalizou o ex-jogador.

Montagem Douglas Silva Moses

Na Gávea para celebrar 124 anos do Flamengo, Douglas Silva e Mozer falam ao LANCE! (Foto: João Vítor Castanheira)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Próximo jogo 1 dia, 16 horas a partir de agora
Brasileirão - Série A
SantosSantos
X
FlamengoFlamengo
Dom 08/12 / Vila Belmiro / 16h00
Brasileirão - Série A
FlamengoFlamengo
6 x 1
AvaíAvaí
Últimas
+ Lidas da semana