Logo Netfla

Paulo Victor minimiza disputa com Muralha: "Todos querem o meu lugar"

Flamengo - Paulo Victor (Foto: Raphael Zarko)Muito assediado, Paulo Victor deixa área com torcedores do Flamengo (Foto: Raphael Zarko)

O revezamento no gol do Flamengo parece não ter durado dois jogos. Titular no primeiro amistoso da temporada, reserva no segundo - para dar chance e oportunidade a Alex Muralha -, Paulo Victor entrou em campo e foi bem na partida contra o Atlético-MG. Nesta sexta-feira, véspera da estreia no estadual contra o Boavista, partida deste sábado, às 19h30, em Edson Passos, o goleiro falou pela primeira vez em coletiva de imprensa neste ano.

Seguro, o jogador apresentou um resumo da sua trajetória no Flamengo logo na primeira resposta. Lembrou que está há mais de uma década no clube e que foi reserva durante muito tempo - considerando normal que Alex Muralha ou outros, a quem elogiou, briguem pela sua vaga. Disse também que mira não só a vaga de titular no Flamengo como vai além: quer buscar um espaço entre os três convocados para a seleção brasileira.

Ao mesmo tempo em que se disse pronto para seguir no gol - deixando "enquetes e comparações" com a imprensa. Numa delas, do GloboEsporte.com, ele perdeu por pouco a disputa com Alex Muralha -, Paulo Victor também deixou claro que se tiver que sair um dia tem a garantia de que terá portas abertas em outro clube. Depois de um início de ano em que demonstrou certo incômodo e ficou em silêncio, sem aparecer em coletivas, o início como titular parece dar mais tranquilidade ao camisa 48 do Flamengo.

Confira abaixo os principais trechos da coletiva de imprensa de Paulo Victor: 

Disputa pela vaga

- Essa concorrência existe sempre, todos querem estar no meu lugar. O Thiago fez grande uma grande Copinha, o César é excelente goleiro e o Alex chegou para buscar o seu espaço também. Eu quero estar entre os três convocados para a seleção. Enquete, comparações, são vocês da imprensa quem fazem. Eu já renovei três anos de contrato, não tenho que provar nada a ninguém. Eu tenho que trabalhar cada vez mais para poder servir bem o Flamengo. Independente de ser o primeiro, terceiro ou quinto (goleiro). Como muitos sabem, eu fui cinco anos quarto goleiro, fui reserva, e isso não vai mudar a minha postura. Vou ser o mesmo Paulo Victor. Se eu sair daqui a qualquer momento tenho portas abertas em outros lugares.

Estreia na Primeira Liga

- O Muricy é um treinador muito inteligente, ele não se abalou, sabia da dificuldade que iríamos encontrar, ele sabia da qualidade que eles (Atlético-MG) têm, ainda mais jogando no campo deles. Foi mais para testar, acertar os erros, e ele fez isso, em nenhum momento ele veio aqui criticar os jogadores e isso repercutiu contra o Atlético-MG. Ele foi feliz e fizemos uma grande partida.

Paulo Victor treino Flamengo Mangaratiba (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)Paulo Victor sobre a titularidade no Fla: "Não preciso ficar mostrando nada a ninguém" (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Flamengo em 2016

- O Flamengo busca todo ano isso, sempre melhorar. A diretoria procurou nesse começo do ano organizar a casa, contratou bons jogadores. A gente pensa sempre, estou iniciando a minha 11ª temporada aqui pensando em títulos, e não pode pensar diferente quem joga no Flamengo. Então a gente tem que ter tranquilidade, sabemos que temos uma grande equipe e temos que fazer isso dentro de campo.

Adversários

- Esses times começam a trabalhar em novembro, dezembro, a gente sabe que eles estão com a preparação está à frente. Com todas as dificuldades, não sabemos o que vamos enfrentar ainda, campo, adversário, mas estamos preparados. Estamos vindo de uma pré-temporada de 20 dias, uma pegada, uma crescente e com tecnologias novas e para poder começar o campeonato bem.

Renovei cinco vezes nesses anos, não estou aqui à toa. Não preciso ficar mostrando nada a ninguém, tenho que procurar evoluir cada vez mais
Paulo Victor, goleiro do Flamengo

Concorrência

- A concorrência é de todos. O César, o Alex, o Thiago e o Daniel, todos querem estar no meu lugar, assim como eu quero estar na seleção, isso vai ocorrer sempre. O meu objetivo aqui, como eu disse, renovei cinco vezes nesses anos, não estou aqui à toa. Não preciso ficar mostrando nada a ninguém, tenho que procurar evoluir cada vez mais. Eu deixo as enquetes e comparações para vocês da imprensa.  

Juan

- É um excelente jogador, não precisa provar nada para ninguém, é um jogador de seleção. Ele vem com experiência, bagagem, vem mostrando nos jogos. É claro que vem para somar muito e passar experiência, passar o que ele viveu mais de 10 anos lá fora. É aproveitar o máximo dele porque tem tudo para nos ajudar.

Garotos da Copinha

- É uma troca, né. Você pega jogadores que acabaram de ser campeões, se destacaram na posição, e eles podem ajudar a gente, e sabemos que eles também podem nos ajudar. Daqui a pouco começa a Copa do Brasil, Brasileiro, tudo junto e temos que ter o elenco bastante completo para não passar necessidade ano passado, com lesões e problemas que acabaram prejudicando no total da competição.

Federação

- Isso é lado político, e para o jogador não interfere. Não estou fugindo das respostas, isso não muda nada. A gente é pago todos mês para exercer dentro de campo. O que eu falar pode ter repercussão, vai ser grande, e isso não vai mudar em nada. temos que pensar em trabalhar e jogar futebol.

Disputa pela titularidade

- Eu encaro como sempre encarei meus desafios. Há dois, três anos tinha o Felipe, que era um grande goleiro, e eu consegui me firmar no Flamengo. O futebol é concorrência, jogo no Flamengo, não jogo em equipe de menor expressão. O Muralha é um excelente goleiro, está querendo vencer na vida também, veio do Figueirense para a maior equipe do Brasil. Muitos querem estar no nosso lugar. É normal, tem que saber lidar com isso. Quando eu fui renovar o contrato pedi três anos, o Flamengo quis quatro. Daqui três anos vence o meu contrato. A gente sabe que jogador tem prazo de validade, não sou eterno no Flamengo, mas enquanto eu estiver aqui eu vou brigar pelo meu espaço.

Estreia no Carioca

- O pessoal foi lá ver o estádio, sabemos que o Brasil está muito bem de estádio, com novas arenas, com gramados excelentes. Vamos ter dificuldades e temos que superá-las. Se a gente quiser ser campeão e quiser coisas maiores temos que começar a partir de amanhã a vencer dificuldades.

Marcelo Cirino

- Problemas extracampo todos têm, somos mais visados, as lesões dentro de campo atrapalharam ele. Ele era disputado quando veio, três, quatro, 10 (times) queriam ele.  Temos que valorizar, ele é um jogador especial e digo isso com afirmação porque passei quatro meses parados, sei como é difícil, tive lesões graves. Ele teve cirurgia, problemas musculares, atrapalhou muito. Com o carinho que está tendo esse ano tenho certeza que vai brilhar no Brasileiro e no campeonato todo.

Guerrero

- Ele é acostumado a fazer gols, não tenho dúvidas de que isso estava incomodando ele. A gente depende muito dele, um jogador importante, de seleção do seu país e faz a diferença. Jogadores assim, quem tem ele no elenco tem que valorizar, nós, torcedores, vocês da imprensa. Temos que valorizar aqui no Brasil.

Ambiente no Fla

- O ano de 2015 começou um pouco mais desgastado porque em 2014 chegamos a ser o último colocado. Foi um ano complicado. Agora começamos diferente, tivemos um ano irregular em 2015 e agora resolvemos, o Flamengo e todos, quisemos modificar algumas coisas para começar o ano diferente. O ano passado foi político e isso mexe com o futebol, e agora temos que pensar em trabalhar, ganhar títulos e colocar o Flamengo onde ele merece.

Grupo rubro-negro

- A gente conversa diariamente. Modificar que eu digo é a postura, todos têm que colocar a mão na consciência quando as coisas não dão certo, ver o que cada um faz de errado. Futebol é coletivo e tem que cobrar mesmo.

Time titular no estadual

- Isso é fácil de responder, eu sou pago para jogar. Estou preparado para jogar sempre. Quando era reserva eu me preparava para ser o primeiro porque se eu fosse solicitado era para estar bem. Eu não escolho campeonato, quero jogar, independente da competição quero jogar.


Fonte: Globo Esporte

Comentários

Jogos

Brasileirão - Série A
FlamengoFlamengo
- x -
Atlético MGAtlético MG
Últimas
+ Lidas da semana