Depois da vitória por 2 a 0 sobre o Boavista, pela Taça Rio, nesta quarta-feira, o técnico do Flamengo , Jorge Jesus, elogiou a atuação do clube no Maracanã

"É nossa exigência sermos cada vez mais perfeitos, nem sempre somos capaz. mas, como líder, tenho que corrigir e ser sempre exigente. Se ganha por 2, tem que ganhar por 3. Poderiamos ter saído com mais gols. Segundo jogo da equipe muito bom, sem praticamente o adversário ter uma oportunidade de gol. Foram quase 90 minutos dentro do campo adversário. Mesmo assim criamos muitas condições para gol e chegou a altura que todos queriam fazer gol que acabaram por não fazer", analisou Jorge Jesus, à Fla TV.

"A equipe manteve o nivel igual, não melhorou em relação ao primeiro jogo. Jogo do Bangu me surpreendeu, a equipe jogou muito bem taticamente, muito disciplinada. Hoje tivemos jogadas de grande qualidade, uma equipe que joga com o adversário que for com 90 minutos no campo tem que ter perfil tático muito forte, capacidade física muito forte. Assim que faz contra o Boavista, se fosse contra o Barcelona também faria. Não importa o adversário, importante são nossas ideias", completou o técnico.

Jesus ressaltou que falta o Estadual para ganhar praticamente tudo possível no Brasil. O português já foi campeão Brasileiro, da Libertadores, da Recopa Sul-Americana e Supercopa nacional. O único título que faltaria seria o da Copa do Brasil.

"É tudo uma ideia de equipe. Nós não vamos abdicar daquilo que é a cara da equipe, que é muito agressiva com e sem a bola. Jogadores não saem e não gostam de jogar de outra maneira. Agora é isso. Domingo temos mais um jogo, faltam dois jogos para praticamente ganhar tudo que há no Brasil, faltando só a Copa que não ganhamos".