A expulsão de Gabigol nos minutos finais da decisão da Libertadores se deu após o artilheiro do Flamengo fazer gestos obscenos em direção à torcida do River Plate. O momento exato da ofensa não fora captado pela transmissão oficial, mas imagens de uma TV argentina mostram a cena que levou ao cartão vermelho do camisa 9.

Futuro: Diego: 'Não me vejo fora do Flamengo'

O lance, captado pela ESPN, também revela a irritação do técnico Jorge Jesus com Gabigol. Dias antes da decisão da Libertadores, o treinador admitira que ainda não tinha sido capaz de transformar o camisa 9 — expulso também contra o Grêmio, no Brasileirão — em um grande jogador do ponto de vista psicológico.

A confusão em que Gabigol se envolveu foi ofuscada por um lance anterior da final. Com o placar já apontando 2 a 1, Bruno Henrique tentou reter a bola no ataque e foi pisado por Palacios. A transmissão mostrava os desdobramentos da expulsão do argentino enquanto o VAR verificava o comportamento do centro-avante rubro-negro.

Nesta segunda-feira, a Conmebol divulgou os diálogos entre a equipe de VAR e o árbitro Roberto Tobar no lance que levou à expulsão de Gabigol. Um dos assistentes de vídeo indica que o camisa 9 seja expulso por gesto obsceno após "segurar a genitália".