Logo Netfla

Com mais taças que derrotas, Jesus mira posto de maior da história do Fla

Em um ano de Flamengo , Jorge Jesus já escreveu seu nome na galeria dos imortais do clube. De contrato renovado até junho de 2021 , o Mister agora busca se consolidar de forma absoluta como o maior técnico da história do Rubro-Negro, posto que já pertence ao português para muitos torcedores.

Com cinco troféus conquistados na Gávea, o treinador português tem mais voltas olímpicas do que derrotas, já que perdeu só quatro de 51 partidas. Sob sua batuta, o Fla levantou a Libertadores , o Brasileiro, a Recopa, a Supercopa e a Taça Guanabara. O Mundial escapou, mas essa ainda é uma obsessão do luso.

"As expectativas são as melhores pela grandiosidade desde clube. É o maior e melhor do Brasil. Nossa convicção é a mesma do ano passado, faltou a cereja do bolo, ficou um espinho atravessado na garganta com o Mundial. Vamos trabalhar para voltarmos. Ganhamos vários troféus, mas isso é passado", disse ele à "FlaTV".

Jesus tem a companhia de rubro-negros históricos dentre os grandes que comandaram o Fla em 124 anos. Líderes em outras conquistas nacionais e internacionais, Paulo César Carpegiani e Carlinhos têm lugar certo nesta lista. Arquiteto da equipe que venceu a Libertadores e o Mundial, Claudio Coutinho é sempre lembrado, assim como Flávio Costa, recordista com 777 jogos. O paraguaio Fleitas Solich e o tetracampeão Zagallo também fazem parte deste time.

Discussões à parte, os números dão muita força a Jesus neste debate sobre o número 1. Além das conquistas, ele soma 38 vitórias e nove empates em seus 51 jogos. O Fla do Mister marcou 118 gols, sofreu 45 e tem um aproveitamento de 80%. Se repetir a façanha de dominar o Brasil e a América, o trono dificilmente escapará.

"Quando cheguei ao Brasil, disse que o Flamengo era um dos maiores clubes do mundo em termos de torcedores. Passado um ano, estamos a cada dia maiores. Jogamos para uma nação que nos adora. Se estou num lugar que me faz feliz, esse é o fator número 1 da minha escolha", acrescentou.

Alexandre Vidal / Flamengo
Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

O acordo entre as partes até o meio de 2021 foi a forma encontrada pelo clube para se proteger economicamente e garantir a permanência do treinador pelo maior tempo possível. O desejo do Fla era que o novo acordo valesse até o final do ano que vem , mas o Mister não topou. Ante ainda a imprevisibilidade do calendário, o português achou melhor permanecer por só mais um ano. Além disso, o Rubro-Negro teria de dar a ele uma cláusula de saída no meio do ano que vem sem penalidades ao técnico.

O final feliz trouxe alívio para o clube e aumentou ainda mais o apetite do comandante por novos campeonatos. Já com cadeira cativa na história rubro-negra, o Mister mira o topo.

Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Campeonato Carioca
FlamengoFlamengo
2 x 0
Boa VistaBoa Vista
Últimas
+ Lidas da semana