Com 16 assistências de Balbi, Flamengo passa pelo Caxias do Sul no Maracanãzinho

De volta ao NBB, o FlaBasquete entrou em quadra nesta terça-feira (25) pelo primeiro confronto do segundo turno da fase de classificação do campeonato. Contra o Caxias do Sul, o Orgulho da Nação garantiu o placar de 90 a 55 em noite de gala de Franco Balbi. O argentino terminou o confronto com 16 assistências, 6 rebotes, 34 de +- e 25 de eficiência, além de 6 pontos. Brandon Robinson, com 22, foi o cestinha do jogo, que marcou a volta do capitão Olivinha após a COVID-19.


O jogo
O técnico Gustavo De Conti iniciou a partida com Franco Balbi, Brandon Robinson, Rafael Mineiro, Olivinha e JP Batista em quadra. O Mago abriu o marcador pro Mengão convertendo de fora do garrafão, seguido por Batista, que marcou mais 2 pontos e colocou o Flamengo à frente no placar (5x3). Robinson e Mineiro, calibrados, se revezaram na finalização e foram responsáveis pelos 20 pontos seguintes do Mais Querido. Dar Tucker entrou e converteu de longe, e depois de perto, na bandeja, com assistência de Luke Martinez, antes do fim do primeiro quarto: 30 a 10.

Faverani e Robinson abriram mais cinco pontos, e Martinez brilhou com um tocaço. O Caxias tentou reagir, mas Dar Tucker, Mineiro e Rafael Rachel, que saiu do banco para guardar de 3, voltaram a pontuar, enquanto o adversário parou no placar. As equipes foram para o intervalo com 49 a 16 no marcador. Brandon Robinson, com 15 pontos, foi o principal pontuador do Mais Querido no primeiro tempo e Franco Balbi, o líder em assistências, com nove entre as 17 do time.

Mais uma vez, o norte-americano e Vitor Faverani abriram o placar no quarto, com Rafael Rachel na sequência, e jogada combinada de Robinson e Faverani, com assistência do ala e cesta do pivô (57x19). O Caxias reagiu, chegou a 32 pontos, e Dar Tucker freou o adversário com uma bola de fora do garrafão. Olivinha, voltando da Covid-19 e já com sete rebotes na partida, converteu pela primeira vez no jogo. Tucker voltou a marcar e o terceiro período terminou com 67 a 38 no placar.

Com boa atuação na noite, Rafael Rachel deixou o Flamengo com 70 pontos no início do último quarto. Faverani marcou, conseguiu 2 pontos e a falta e abriu mais cinco (75x40). Desequilibrado, Robinson ainda assim garantiu mais dois (77x48). Com 16 assistências, Balbi marcou de longe, assim como o norte-americano logo após (83x53). Dar Tucker, nos lances livres, Matheus Leoni, com um step back, e Lucas Martinez, com linda bola de 3, completaram os 90 pontos do Mengão na partida.

O armador Yago testou positivo para a COVID-19 e ficou de fora do duelo contra o Caxias do Sul. O Monstrinho está assintomático e em quarentena.

Próximos desafios
O Mengão volta a jogar pelo NBB no dia 3 de fevereiro, contra o Pato Basquete, fora de casa. Antes disso, a equipe viaja para Buenos Aires, onde disputa a segunda janela da Champions League Americas no próximo fim de semana. No sábado (29), o adversário é o Universidad Concépcion, do Chile, às 19h, enquanto no domingo (30), o FlaBasquete enfrenta o Boca Jrs, dono da casa, no mesmo horário. A ESPN transmite os dois confrontos.
As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – BRB, MOSS, TIM, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).

Fonte: Flamengo Oficial
)