Atuações do Flamengo: Arrascaeta, Vitinho, e Bruno Henrique se destacam; Diego Alves falha

Diego Alves (GOL) : errou uma saída de bola e "deu" o gol para os argentinos. Uma falha infantil que deu ao jogo uma tensão desnecessária pelo domínio que o Flamengo apresentava na partida. Nota: 4.0

Flamengo x Defensa Y Justicia Libertadores — Foto: Mateus Bonomi/AGIF
1 de 1 Flamengo x Defensa Y Justicia Libertadores — Foto: Mateus Bonomi/AGIF

Flamengo x Defensa Y Justicia Libertadores — Foto: Mateus Bonomi/AGIF

Isla (LAD) : se apresentou bastante no ataque para dar alternativa de jogadas de linha de fundo e cumpriu seu papel na marcação. Menos exigido na saída de bola com Renato, tem melhorado suas exibições. Nota: 6.5

Gustavo Henrique (ZAG) : escolhido por Renato para ser o companheiro de Rodrigo Caio, teve uma exibição segura. Levou perigo ao adversário nas jogadas de bola aérea ofensiva. Nota: 6.5

Rodrigo Caio (ZAG) : de volta ao time após lesão, abriu o caminho da vitória com um gol de cabeça e teve uma boa atuação. Nota: 7.0

Filipe Luís (LAE) : usou toda sua técnica para fazer com eficiência seu papel na saída de bola e também na marcação. Nota: 6.5

Arão (VOL) : mais uma partida em que faz valer sua importância tática para o time. Foi referência na saída de bola e ajudou na proteção da defesa. Erra muito pouco. Nota: 6.5

Diego (VOL) : produção um pouco abaixo do que foi visto, por exemplo, na vitória sobre o Bahia. Não conseguiu dar a dinâmica esperada ao meio de campo rubro-negro. Nota: 5.5

Everton Ribeiro (MEI) : foi bem marcado e não conseguiu ser muito produtivo. Teve mais erros do que o normal. Deixou o campo aos 18 do segundo tempo para dar lugar a Michael, uma aposta de mais velocidade de Renato. Nota: 5.5

Arrascaeta (MEI) : foi aos poucos entrando no jogo e mostrou seu lado decisivo no segundo tempo. Fez um gol de cabeça pegando rebote dentro da área e deu o passe para Vitinho fazer o terceiro gol. Nota: 7.5

Bruno Henrique (ATA) : voltava de lesão muscular e teve uma ótima atuação. Principalmente no primeiro tempo, fez o que quis com os marcadores argentinos e criou boas chances para o Flamengo. Só foi parado com faltas. Nota: 7.5

Gabigol (ATA): vigiado de perto pelos marcadores do Defensa y Justicia, teve poucas oportunidade de finalização em boas condições. Participou mais quando saiu da área para tentar as tabelas. Teve participação no segundo gol de Vitinho. Nota: 6.0

Entraram:

Michael (MEI) : sua entrada no lugar de Everton Ribeiro deu uma alternativa de velocidade também pelo lado direito. Deu certo. Acertou um chute na trave, e na sequência Arrascaeta pegou rebote para fazer o segundo gol do Flamengo. Nota: 7.0

Matheuzinho (LAD) : entrou aos 32 minutos do segundo tempo no lugar de Isla e não deixou o nível cair. Nota: 6.0

Vitinho (MEI) : entrou aos 35 do segundo tempo e fez dois gols. O primeiro, dois minutos depois de entrar, em chute de perna esquerda de fora da área. O segundo, aos 49, foi em finalização no canto de perna direita. Já havia marcado contra o Bahia, na última partida. Nota: 7.5

Fonte: Globo Esporte
)