Vitórias decididas por pratas da casa empolgam Zé Ricardo: "Orgulho"

Felipe Vizeu comemora o gol do Flamengo contra o Vitória (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo) Felipe Vizeu comemora o gol do Flamengo contra o Vitória (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O ditado diz: “Craque o Flamengo faz em casa”. Se não há na geração atual alguém com talento raro, ao menos aqueles que vêm da base têm feito a diferença. Nesta quinta-feira o Rubro-Negro chegou à segunda vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro – que o levou ao G-4 – tendo no banco de reservas um treinador promovido do sub-20 e com partidas decididas por jogadores formados no clube.

Depois de Jorge marcar o gol da vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, no último domingo, foi a vez de Felipe Vizeu decretar o 1 a 0 sobre o Vitória, em Volta Redonda. Coube ao centroavante a tarefa de substituir o ídolo Guerrero, que defende a seleção do Peru na Copa América, e cumprir a função de artilheiro.

Com o gol marcado sobre o Vitória, Felipe Vizeu chegou a cinco em 13 partidas como profissional do Flamengo. Promovido após o título da Copa São Paulo de 2016, ele disputou sua terceira partida no Brasileirão, além de sete pelo Campeonato Carioca, duas pela Primeira Liga e uma pela Copa do Brasil.


- Apesar de ser ainda um garoto, tenho aproveitado as oportunidades. Sei que estou apenas começando e tenho uma longa jornada para trilhar como atleta profissional. Tem muita coisa para acontecer - disse o atacante de 19 anos.

Entusiasta das categorias de base, Zé Ricardo mostrou satisfação por ver dois de seus ex-jogadores levando o Flamengo a vitórias nos profissionais sob seu comando.

- É uma coincidência muito agradável pelo fato de esses meninos virem de dentro do clube. Vê-los jogando em alto nível e podendo decidir partidas é motivo de orgulho. Vejo isso como uma marca legal - avaliou o técnico rubro-negro.

Fonte: Globo Esporte
)