Logo Netfla

Paulo Victor x Muralha: destrinchando a batalha na meta do Flamengo

Paulo Victor tem sido mais titular do gol rubro-negro (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Paulo Victor tem sido mais titular do gol rubro-negro (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

por Larissa Ramos

Ultimamente, o futebol brasileiro tem sofrido por conta de algumas posições. Uma delas, a de goleiro. A carência de arqueiros nos times do Brasil é muitas vezes constante. Porém, na atual temporada, no Flamengo, não há do que reclamar. O time conta com dois grandes nomes para a posição: Paulo Victor e Alex Muralha.

O primeiro é cria do Flamengo. Com passagem pela base, quando tinha apenas 17 anos, o goleiro chegou e logo assumiu a camisa 1. Promovido ao profissional, o arqueiro rubro-negro não tinha muitas chances, chegou a ser emprestado e, com mais bagagem, voltou para a meta do time carioca. Por outro lado, Alex Muralha é recém-chegado. Após se destacar no Campeonato Brasileiro do último ano pelo Figueirense, o goleiro acertou com o Rubro-Negro e briga pela posição junto de Paulo Victor.

Como um time, os atletas mesmo já disseram que a disputa é sadia e faz parte da profissão. Mas como anda a briga pela meta rubro-negra? O que Paulo Victor e Alex Muralha já demonstraram até aqui? Quais são os pontos fortes e fracos de ambos?

Se o assunto começar com quantidade de oportunidades, PV sai na frente. Titular desde o último ano, o arqueiro disputou, até o momento, 13 jogos do Flamengo na temporada, levando em consideração todas as competições e os dois amistosos da pré-temporada. Já Muralha esteve na meta apenas por duas vezes: amistoso contra o Santa Cruz e a última partida da primeira fase do Campeonato Carioca, diante do Bangu.

Muralha atuou apenas duas vezes com a camisa do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Muralha atuou apenas duas vezes com a camisa do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Analisando friamente as atuações, Paulo Victor tem tido certa dificuldade quando o assunto é bola aérea. Às vezes, o arqueiro já sai vendido em alguns lances e, em outros, acaba ficando um pouco indeciso. Já Muralha, nos poucos jogos em que esteve presente, mostrou ter dificuldade em chutes rasteiros. Tal fato é visto em ambas as partidas, quando o goleiro do Flamengo soltou duas bolas (uma resultou em gol).

Vale ressaltar que os dois goleiros já falharam duas vezes na temporada. PV, na partida contra o Ceará, que estava mal posicionado, e diante do Fluminense, quando teve o mesmo problema do combate com o time cearense. Muralha não ganhou pontos quando deixou a bola passar por debaixo do corpo, em seu primeiro jogo, e ao espalmar a bola para frente, em um lance relativamente simples, na sua segunda oportunidade.

Porém, os dois goleiros do Rubro-Negro já demonstraram potencial de sobra. Paulo Victor apresenta um reflexo invejável e tem muito recurso para defender a meta de diversas formas. No caso de Alex Muralha, apesar de ser menos técnico, carrega a mesma questão positiva do reflexo. Além disso, a questão do posicionamento chama atenção.

Por exemplo: PV exerceu defesas dificílimas nas vitórias sobre Atlético, América-MG e Figueirense, pela Primeira Liga, além de Fluminense e Portuguesa, no Campeonato Carioca. Todas parecidas: cabeçadas ou chutes tirando do alcance do camisa 48, que conseguiu utilizar dos seus recursos para tirar as bolas no limite entre o gol e a luva do arqueiro. Já Muralha, só atuou contra Santa Cruz e Bangu. Frente ao primeiro, defesas em faltas e chutes de curta distância, exigindo um deslocamento rápido em virtude do bom posicionamento. Inclusive, chegou a pegar um pênalti no duelo com o Alvirrubro do Rio de Janeiro

Agora, Paulo Victor ou Muralha. Muralha ou Paulo Victor para defender o gol do Flamengo, só o tempo dirá. O primeiro permanece na frente por dar mais consistência ao time, em virtude do tempo de casa. Já o arqueiro que veio do Figueirense ainda precisa de sequência de jogos.

A cobertura completa de tudo sobre o futebol brasileiro você confere nesta quinta-feira (17), às 17h, no Conexão EI, às 19h e às 0h, no Caderno de Esportes, e às 20h30, no Jogando em Casa, no EIMAXX.

Falta de estádio próprio atrapalha o Flamengo

Fonte: Esporte Interativo

Comentários

Jogos

Brasileirão - Série A
FlamengoFlamengo
- x -
Atlético MGAtlético MG
Últimas
+ Lidas da semana