Logo Netfla

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo; veja ranking

É difícil encontrar um clube no mundo que tenha um maior ídolo tão unânime quanto o Flamengo . Não à toa, todos os 50 jornalistas convidados pelo GLOBO/Extra para eleger os maiores jogadores da história rubro-negra colocaram Zico na primeira colocação. Mas uma lista tão importante nao é medida apenas pelo seu principal nome. Neste caso, é o restante dela que gera o maior debate.

ZICO: 1º lugar em ranking de ídolos do Flamengo é dedicado ao pai

A vitoriosa geração dos anos 1980 tem espaço cativo na memória dos torcedores, mas a equipe que empilhou títulos em 2019 também fez por merecer o seu lugar entre os grandes. Além disso, entre esses ciclos, outros jogadores ajudaram o Flamengo a se tornar um dos maiores campeões do Brasil. Em que posição cada um deles deve estar?

GABIGOL: Babu Santana parabeniza atacante por 5º lugar

Toda segunda-feira deste mês, O GLOBO/Extra divulgará a lista com os 30 maiores jogadores da história de cada um dos quatro grandes do Rio de Janeiro. Fiquei de olho no cronograma.

  • 11/05: os 30 maiores ídolos da história do Fluminense
  • 18/05: os 30 maiores ídolos da história do Vasco
  • 25/05: os 30 maiores ídolos da história do Botafogo
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

1. Zico

Qualquer palavra escrita neste espaço não será suficiente para descrever o que Zico representa para o Flamengo. O maior ídolo, o maior artilheiro do clube, o principal artilheiro da história do Maracanã, o meia com mais gols marcados na história do futebol. Ídolo nacional e internacional. É preciso dizer mais sobre o Galinho? Para muitos, é quase uma divindade.

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

2. Junior

Nenhum jogador vestiu tantas vezes o Manto Sagrado nestes 124 anos de história quanto Leovegildo Lins da Gama Junior (876 partidas). O Maestro fez história como lateral-esquerdo na primeira passagem pelo rubro-negro e como volante na segunda. Para citar todos os títulos conquistados por ele, perderíamos boas horas apenas neste trecho. Reconhecimento merecido.

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

3. Leandro

Leandro é um caso especial. Poucos jogadores na história tiveram a chance de defender exclusivamente um único clube. O lateral-direito teve a honra de dedicar toda a sua carreira ao Flamengo, desde as categorias de base, entre 1976 e 1978, até os últimos dias dela, em 1990. Rubro-negro de coração, é considerado um dos maiores laterais-direitos da história rubro-negra e do futebol brasileiro. Em 1985, em virtude de um série de contusões nos joelhos, passou a jogar como zagueiro e manteve as atuações em alto nível. Até estátua na Gávea ele tem.

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

4. Dida

Como era o Flamengo antes de Zico? Bom, se é possível exemplificar a história de um clube em uma pessoa, ela poderia ser personificada por Dida. O meia-atacante, subestimado por ser considerado franzino, tornou-se o maior artilheiro do Flamengo até a aparição de Zico, marcando 257 gols em 364 jogos, entre 1954 e 1963. Nunca foi de falar muito, mas nem mesmo a timidez notória o impediu de chegar à seleção brasileira, assumindo a titularidade após uma contusão de Pelé. Pelo Flamengo, conquistou quatro cariocas, um Rio-São Paulo e uma Taça dos Campeões.

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

5. Gabigol

Pode levantar a plaquinha? Bastou um ano e meio para Gabriel Barbosa fazer história com a camisa do Flamengo e entrar na galeria de maiores ídolos do clube. Os dois gols na final da Libertadores de 2019, contra o River Plate, em Lima, e as diversas artilharias naquela temporada contribuíram para isso. Hoje, ele é mais do que uma das principais referências técnicas do rubro-negro, é o ídolo de adultos e crianças, a maior estrela nacional em atividade no Brasil. Se tem jogo do Flamengo, é quase uma obviedade dizer: hoje tem gol do Gabigol.

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

6. Zizinho

Outro ídolo de renome. Era considerado o principal jogador que havia passado pelo clube até a aparição de Zico. É o ídolo de Pelé e foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo de 1950. Pelo Flamengo, foi figura de destaque no primeiro tricampeonato carioca conquistado pelo rubro-negro, em 1942, 1943 e 1944, depois de ter sido campeão em 1939. Zizinho disputou 318 jogos, marcou 146 gols e ganhou até crônica de Nelson Rodrigues: “Bastava os alto-falantes do Maracanã anunciarem o nome de Zizinho para saber quem seria o vencedor da partida".

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

7. Adílio

São 14 anos dedicados exclusivamente ao Flamengo. Nome revelado pelas categorias de base do clube e que somou os títulos do Mundial de Clubes, da Libertadores, três Brasileiros e cinco cariocas. No total, são 615 jogos com a camisa rubro-negra.

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

8. Leônidas da Silva

Leônidas da Silva foi um pioneiro no futebol brasileiro e um dos principais responsáveis por transformar o Flamengo em um clube de massa. Após fazer sucesso na Copa do Mundo de 1938, ele ajudou a impulsionar o crescimento de popularidade do rubro-negro no Brasil. Todos queriam assistir aos jogos do clube para ver Leônidas das Silva em campo. Foram 153 gols em 149 jogos pelo Flamengo. Números impressionantes, não? Não à toa, o atacante tem a melhor média de gols da história de um jogador pelo clube. Valeu até o apelido de "Diamente Negro".

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

9. Petkovic

O maior jogador estrangeiro que já atuou no Brasil. Petkovic é reconhecido por onde passa, idolatrado por diversos clubes e tem uma história marcante pelo Flamengo. O sérvio teve papel de destaque no título do Campeonato Brasileiro de 2009, ao lado de Adriano. E coleciona momentos históricos, como o gol de falta na decisão do Campeonato Carioca de 2001 contra o Vasco. Quando defendeu o rubro-negro, era comparado a Zico e chamado de “maior ídolo da nova geração”. Não é para menos o seu lugar de destaque no nosso ranking.

Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte
Os 30 maiores ídolos da história do Flamengo Foto: Editoria de Arte

10. Adriano

Uma relação de amor e carinho genuínos, construída desde a infância. Revelado pelo Flamengo, impressionava a todos com seu grande vigor físico. Não à toa, ganhou o apelido de Imperador. Adriano viveu o auge no Flamengo ao ser a principal figura no título do Campeonato Brasileiro de 2009, que tirou o clube de uma incômoda fila de 17 anos sem o título. Foram 81 jogos e 43 gols. Pode parecer pouco, mas uma história de amor tão verdadeira não é resumida apenas em números. Prova disso é a recepção de gala quando foi contratado em 2009.

11. Nunes

Autor do gol mais importante da história do Flamengo. Se a torcida canta o trecho "3 a 0 no Liverpool" na música que faz referência ao Mundial de Clubes de 1981, muito se deve a Nunes. Ganhou o apelido de Artilheiro das Decisões, em virtude de sua impressionante vocação de marcar gols em decisões de campeonatos.

12. Domingos da Guia

Um dos maiores zagueiros do futebol mundial. Não seria diferente no Flamengo. Sua "marca registrada" era sair driblando os atacantes adversários. Tal jogada exigia extrema habilidade e representava certo risco, mas sempre foi perfeitamente executada.

13. Andrade

Revelado nas categorias de base do Flamengo, fez parte da vitoriosa geração de 1981 e seguiu no clube para ser tetracampeão brasileiro e estadual como jogador. Mais um ídolo que influenciou as equipes seguintes. Sem contar a marcante passagem como treinador, campeão brasileiro em 2009.

14. Bruno Henrique

Um atacante que está em outro patamar. Rei dos clássicos, da América e presente na lista de maiores ídolos da história do Flamengo. Figura fundamental nos títulos do Brasileirão e da Libertadores de 2019. Talvez nem ele saiba ainda o tamanho que conquistou dentro do clube.

15. Evaristo de Macedo

A importância de Evaristo de Macedo na construção da imagem vitoriosa rubro-negra não se apagou com o passar dos anos. Foi o principal nome do time que conquistou o tricampeonato carioca em 1953, 1954 e 1955. Responsável por ajudar o clube a se desenvolver dentro e fora de campo.

16. Romário

É considerado a maior contratação da história do Flamengo. Você lembra de outro clube brasileiro contratando o jogador vencedor do prêmio de melhor do mundo no ano anterior? Foi assim com Romário, eleito em 1994, que desembarcou na Gávea em 1995. Marcou uma imensa geração de rubro-negros durante as suas três passagens.

17. Everton Ribeiro

Contratado em 2017, Everton Ribeiro é o símbolo do crescimento financeiro do Flamengo nos últimos anos. Roeu o osso com equipes ainda em construção e colheu os frutos sendo campeão brasileiro e da Libertadores em 2019. Com um detalhe: sendo destaque em ambas as conquistas.

18. Rondinelli

Conhecido como "Deus da Raça", em razão da disposição e garra com que jogava pelo Flamengo, Rondinelli é considerado um dos maiores zagueiros que já passaram pelo clube. É mais um nome da geração campeã da Libertadores e do Mundial em 1981.

19. Carlinhos

Poucos jogadores tiveram a chance de dedicar a sua vida profissional a apenas um clube como Carlinhos no Flamengo. São 517 jogos, 23 gols e uma coletânea de títulos conquistados com a camisa rubro-negra como meio-campista — como treinador, então, nem se fala.

20. Zagallo

Mário Jorge Lobo Zagallo tem uma trajetória de títulos como jogador do Flamengo. Foi o atacante da equipe rubro-negra no tricampeonato carioca de 1953, 1954 e 1955. São 217 jogos, 30 gols e passagem como treinador pelo clube. Mesmo sem citar a seleção brasileira, ele faz valer o seu lugar no ranking.

21. Arrascaeta

Existe um Flamengo antes e depois de Arrascaeta nas campanhas dos títulos da Libertadores e do Brasileiro de 2019. O uruguaio mais amado pela torcida tem lugar especial no coração dos rubro-negros e tempo de sobra para melhorar ainda mais a sua colocação neste ranking.

22. Silva Batuta

Convocado para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo de 1966, Silva Batuta deixou a sua marca no Flamengo nos anos 1960 e teve papel de destaque nos títulos do Campeonato Carioca de 1965 e 1970. É lembrado com carinho pelas gerações mais antigas.

23. Juan

Saiu das categorias de base do Flamengo para entrar para a história rubro-negra. São 32 gols marcados, o que o tornou o maior zagueiro-artilheiro da história do clube ao lado de Junior Baiano. Foram nove anos sendo referência no setor e inspiração para diversas gerações.

24. Mozer

Desprezado nas categorias de base do Botafogo por causa de seu porte físico franzino, Mozer deu a volta por cima no Flamengo conquistando três Brasileiros, dois Cariocas, uma Libertadores e um Mundial.

25. Gérson

Gérson, o Canhotinha, pode se orgulhar de ter feito sucesso no Fluminense e no Botafogo. Mas o Flamengo, em especial, foi o clube que o promoveu profissionalmente e o permitiu fazer parte das campanhas dos títulos de Campeonato Carioca e do Torneio Rio-São Paulo.

26. Doval

Outro argentino que despertou grande carinho da torcida foi Horácio Doval, que, apesar da bonita história no Fluminense, também deixou a sua marca 92 vezes nos 263 jogos em que atuou pelo Flamengo.

27. Valido

Responsável por um tricampeonato carioca que parece ter 'Valido' mais que os outros. A eterna cabeçada na final do Campeonato Carioca de 1944 sempre deixará o nome do argentino, que disputou 143 jogos e marcou 45 gols, na história rubro-negra.

28. Diego Ribas

É uma figura bastante representativa da revolução vivida pelo Flamengo nos últimos anos. Foi recepcionado com AeroFla no desembarque, tornou-se o porta-voz do time nos altos e baixos até a chegada de Jorge Jesus. Em 2019, recuperou-se de grave lesão em tempo recorde e esteve em campo para dar a volta por cima com os títulos brasileiro e da Libertadores.

29. Júlio César

Para muitos torcedores, o melhor goleiro já revelado pelas categorias de base do clube. Júlio César vivenciou dois períodos distintos nos 285 jogos pelo Flamengo: de vacas gordas, onde conquistou sete títulos, e de vacas magras, sendo fundamental para evitar rebaixamentos do clube. Sem dúvida, tem seu nome na história.

30. Léo Moura

A relação do lateral-direito com a torcida do Flamengo pode ter se desgastado nos últimos anos, mas história não se apaga. Foram 506 jogos com a camisa rubro-negra, 47 gols marcados e oito títulos conquistados. Feito para poucos.

Confira a lista de jornalistas votantes

O GLOBO/Extra agradece a Aigor Ojêda, Allan Abi Madi , Amanda Kestelman, Ana Thais Matos, André Kfouri, André Rizek, Antero Greco, Bernardo Coimbra, Bruno Marinho, Carla Araújo, Carlos Eduardo Mansur, Carol Knoploch, Débora Gares, Diogo Dantas, Eraldo Leite, Eric Faria, Flavio Amêndola, Gabriela Moreira, Giulia Costa, Gustavo Villani, Igor Siqueira, Isabelle Costa, João Guilherme, João Pedro Fonseca, João Pedro Granette, José Carlos Araújo, Lazlo Dalfovo, Lédio Carmona, Léo Burla, Luis Roberto, Luiz Penido, Luiza Sá, Marcello Neves, Marcelo Barreto, Marília Ruíz, Matheus Dantas,  Mauro Beting, Mauro Cézar Pereira, Paulo Vinícius Coelho, Pedro Henrique Torre, Rafael Oliveira, Renan Damasceno, Renan Moura, Renato Alexandrino, Rodolfo Rodrigues, Rodrigo Mattos, Tatiana Furtado, Thales Machado, Virtudes Sanchez e Wellington Campos por terem participado da votação.

Fonte: O Globo

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3dias, 3horas a partir de agora
Libertadores da América
Barcelona de GuayaquilBarcelona de Guayaquil
X
FlamengoFlamengo
Ter 22/09 / Monumental de Barcelona / 19h15
Libertadores da América
Independiente Del ValleIndependiente Del Valle
- x -
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana