Grêmio se acerta com investidor antes de avançar negociações com o Flamengo

Matheus Biteco - Grêmio (Foto: Eduardo Moura)
Matheus Biteco durante entrevista coletiva pelo Grêmio (Foto: Eduardo Moura)

Antes de dar procedimento às conversas com o Flamengo por Matheus Biteco e Pará, o Grêmio acerta a venda de parte dos direitos econômicos de Biteco ao grupo Rogon, parceiro do agente do jogador, Jorge Machado.

O empresário e os investidores alemães têm 30% dos direitos econômicos do volante e negociam a compra de mais 30%. Na segunda-feira, as partes tiveram um encontro na tentativa de selar a composição. Assim, o Tricolor gaúcho ficaria apenas com 40% ( atualmente o Grêmio é dono de 70%).

E MAIS
> Flamengo descarta Turquia e define pré-temporada de 2015 em Atibaia
> Apenas "mais uma peça", Rodrigo Caetano é apresentado no Flamengo
> Se recuperando de cirurgia no joelho, zagueiro deve ser comprado pelo Grêmio
> Zé Roberto está na Alemanha e visitou ex-companheiros do Bayern de Munique

Caso seja confirmada essa venda, o Grêmio, além de Pará, repassaria ao Flamengo Matheus Biteco e mais o dinheiro recebido por essa transação. Desta maneira, portanto, o Rubro-Negro ficaria apenas com 40% dos direitos econômicos do volante.

Participa da conversa o ex-jogador Fabiano, que é genro de Vanderlei Luxemburgo, técnico rubro-negro. O ex-volante está trabalhando com Jorge Machado há cerca de três meses e fica em São Paulo, onde o empresário gaúcho tem escritório.

A negociação envolvendo jogadores para o Flamengo é a maneira encontrada pelo Grêmio para quitar uma dívida com o Rubro-Negro de 14 anos atrás por causa de Rodrigo Mendes. A pendência, que chegou a ser pouco superior a R$ 3 milhões, atualmente, com correção, já atinge valor aproximado de R$ 10 milhões.

Fonte: lancenet
)