O Flamengo tinha o planejamento de conquistar o título da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, e assim garantir matematicamente vaga nas semifinais do Estadual. Porém, acabou eliminado pelo Fluminense e agora vai recomeçar todo o caminho na Taça Rio, segundo turno. A estreia é contra o Americano no próximo domingo, às 17h (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro. Os flamenguistas entendem que é muito importante começar bem o torneio, pois mais na frente ele vai se encontrar com a Copa Libertadores.

Pela Liberta, o Flamengo vai estrear no dia 5 de março, quando visita o San José, da Bolívia, na cidade de Oruro, uma das maiores altitudes do continente americano. Poder se dedicar ao torneio continental implica um bom começo de Taça Rio.

“Vamos trabalhar muito duro para termos um bom começo de Taça Rio, somarmos pontos importantes, pois sabemos que à medida que a competição avança a exigência também vai crescer. O foco agora é o jogo contra o Americano”, disse o lateral-esquerdo Renê.

O volante Willian Arão concorda. “É importante começarmos bem a Taça Rio pois a competição é de tiro curto e não permite muito tempo para reação. Vamos ter um jogo complicado já na estreia, onde a responsabilidade é maior nossa e não podemos fracassar”, disse o jogador.

Escalado para falar com a imprensa nesta terça-feira, o atacante Gabigol se mostrou otimista com o futuro do Fla na temporada. Para ele, o trabalho está apenas no começo e a equipe ainda tem muito que evoluir.

“Fomos bem no Carioca, e é óbvio que queríamos disputar o título. Mas em performance fomos um dos melhores. O dinheiro não entra em campo. É apenas o começo, talvez falte um pouco de entrosamento. Temos que continuar trabalhando bastante que as coisas vão dar certo”, afirmou o ex-santista.

Gabigol também citou os acontecimentos dos últimos dias e como eles abalaram o grupo. “Claro que todo mundo ficou triste com a tragédia, depois veio a eliminação. Todos sentiram muito. A gente convivia com esses meninos. Eu mesmo tirei foto com um deles. É claro que foi muito triste para nós. Tentamos não pensar muito. Eles vão ficar nos nossos corações para o resto de nossas vidas. Mas seguimos trabalhando”, disse Gabigol.

O Flamengo não entra em campo desde a semifinal do Carioca na quarta-feira da semana passada, e Gabriel ressaltou a vontade de todos para voltar atuar.

“O jogo de domingo é muito importante. Temos trabalhado bem e feito as coisas da maneira certa. O caminho está sendo bom e proveitoso. A semana vai ser produtiva. Estamos ansiosos para voltar a ganhar e jogar bem. Todos trabalhando bem. Quem o Abel escolher estará capacitado. Independentemente se entrar no primeiro ou no segundo tempo”, afirmou.

Gabigol ainda não marcou com a camisa de seu novo clube, e tenta encarar a situação com naturalidade. “Naturalmente vai sair esse gol. Todos estão ansiosos. Tudo flui melhor com gols. Mas estou confiante, me sentindo bem e tenho certeza que os gols vão sair”, concluiu.

O elenco do Flamengo trabalhou nesta terça-feira e volta a treinar nesta quarta, quando Abel Braga começa a definir a equipe para a estreia de domingo. O treinador vem sendo cobrado inclusive por ainda não ter definido algumas posições.