Flamengo estreia no Carioca nesta quarta-feira. Relembre as conquistas rubro-negras de forma invicta

O Flamengo estreia no Campeonato Carioca 2022 nesta quarta-feira, na partida contra a Portuguesa, às 21h35, no Estádio Luso-Brasileiro. Aproveitamos a oportunidade para relembrar as conquistas invictas do Mais Querido neste torneio. Elas aconteceram em 1915, 1920, 1979, 1996, 2011 e 2017.

1915

O Campeonato Carioca de 1915 foi o primeiro invicto da história do Flamengo e foi decidido no último jogo do campeonato. Após a última partida do Flamengo, ainda foi necessário esperar o resultado da partida entre Fluminense e América. Em caso de vitória do Fluminense, haveria um jogo extra. O rival perdeu o jogo e o título ficou com o Mengão.

A campanha do Flamengo: 8 vitórias, 4 empates e 0 derrotas. 35 gols pró e 11 gols contra.

Primeiro turno:

1ª Rodada - 02/05/1915 - Flamengo 2 x 2 Rio Cricket (Flamengo ganhou os pontos pois o Rio Cricket utilizou um jogador irregular)

2ª Rodada - 09/05/1915 - Flamengo 5 x 0 Fluminense

3ª Rodada - 23/05/1915 - Flamengo 5 x 0 São Cristóvão

4ª Rodada - 30/05/1915 - Flamengo 2 x 1 Botafogo

5ª Rodada - 11/07/1915 - Flamengo 4 x 2 América

6ª Rodada - 25/07/1915 - Flamengo 4 x 0 Bangu

Segundo turno:

1ª Rodada - 01/08/1915 - Flamengo 5 x 2 Rio Cricket

2ª Rodada - 22/08/1915 - Flamengo 1 x 1 Fluminense

3ª Rodada - 05/09/1915 - Flamengo 0 x 0 São Cristóvão

4ª Rodada - 19/09/1915 - Flamengo 0 x 0 Botafogo

5ª Rodada - 10/10/1915 - Flamengo 2 x 2 América

6ª Rodada - 31/10/1915 - Flamengo 5 x 1 Bangu

Artilharia do Flamengo: Riemer (15), Sidney Pullen (6), Borgerth (4), Paulo Buarque (3), Raul (2), Arnaldo (1), Baiano (1), Curiol (1), Gumercindo (1) e 1 gol contra.

Curiosidades

Campeonato polêmico

Logo na primeira rodada do campeonato, uma polêmica. O Flamengo empatou com o Rio Cricket por 2 a 2. Porém, o Mengão alegou, com razão, que o adversário utilizou o jogador E. Calvert, que não estava inscrito na Liga, e ficou com os pontos da partida. Ainda no primeiro turno, outra questão foi levada para fora de campo. O Fluminense vencia o América por 2 a 1, quando o árbitro W. Tulk (do Rio Cricket) anulou um gol legítimo do time do América. A torcida americana invadiu o gramado e o árbitro deu o gol. Com protestos e questionamento da imprensa, a Liga decidiu que o jogo seria anulado e haveria uma nova partida. O novo jogo acabou sendo o último do campeonato, após as partidas do segundo turno. Na prática, (Fluminense e América) decidiu quem seria o campeão daquele ano. Pois no final do campeonato Flamengo e Fluminense estavam empatados com 18 pontos em 11 jogos. O Flamengo enfrentaria o Bangu na rua Paysandu e o Fluminense, no dia seguinte, enfrentaria o América este jogo adiado do primeiro turno. Se os dois clubes vencessem haveria um jogo extra. No dia 31 de outubro, o Flamengo, inaugurando o Estádio da Rua Paysandu, venceu o Bangu por 5 a 1. No dia seguinte, o Flu não resistiu e perdeu para o América por 5 x 3.

1920

Depois de cinco anos sem ser campeão carioca, o último havia sido o título de 1915 (invicto), o Flamengo voltou a ser campeão sem nenhuma derrota em 1920.

A campanha do Flamengo: 18 jogos, 13 vitórias, 5 empates, 0 derrotas, 44 gols pró e 19 gols contra .

Primeiro turno:

1ª Rodada - 18/04/1920 - Flamengo 3 x 1 Vila Isabel

2ª Rodada - 25/04/1920 - Flamengo 6 x 2 Mangueira

3ª Rodada - 23/05/1920 - Flamengo 2 x 1 Fluminense

4ª Rodada - 30/05/1920 - Flamengo 0 x 0 América

5ª Rodada - 13/06/1920 - Flamengo 4 x 3 São Cristóvão

6ª Rodada - 27/06/1920 - Flamengo 5 x 0 Palmeiras (RJ)

7ª Rodada - 11/07/1920 - Flamengo 2 x 1 Botafogo

8ª Rodada - 18/07/1920 - Flamengo 2 x 1 Andarahy

9ª Rodada - 08/08/1920 - Flamengo 2 x 0 Bangu

Segundo turno:

1ª Rodada - 01/08/1920 - Flamengo 1 x 1 Vila Isabel

2ª Rodada - 15/08/1920 - Flamengo 3 x 1 Botafogo

3ª Rodada - 31/10/1920 - Flamengo 4 x 1 São Cristóvão

4ª Rodada - 07/11/1920 - Flamengo 2 x 1 Mangueira

5ª Rodada - 14/11/1920 - Flamengo 1 x 1 Palmeiras (RJ)

6ª Rodada - 21/11/1920 - Flamengo 3 x 2 Bangu

7ª Rodada - 28/11/1920 - Flamengo 2 x 1 Andarahy

8ª Rodada - 05/12/1920 - Flamengo 0 x 0 América

9ª Rodada - 19/12/1920 - Flamengo 2 x 2 Fluminense

Artilharia do Flamengo: Junqueira (15), Candiota (10), Sidney Pullen (6), Sisson (5), Eustace Pullen (3), Carregal (1), Geraldo (1), Japonês (1), Telefone (1) e Valdemar (1)

Curiosidades

- Campeão de Terra e Mar pela primeira vez. Além de ser campeão carioca de futebol invicto, o Flamengo, no dia 15 de agosto de 1920, se sagrou campeão carioca de Remo pela terceira vez, com a vitória da guarnição “Aymoré”.

- O zagueiro Pindaro de Carvalho teve que voltar da aposentadoria para jogar pelo Flamengo no jogo contra o Palmeiras (RJ). Na época ele era médico sanitarista e ajudou a combater a gripe espanhola de 1919.

- Sidney Pullen é outro jogador importante no universo rubro-negro que foi fundamental nesta conquista. Pullen tem histórias incríveis. Em 1917, chegou inclusive a lutar na 1ª Guerra Mundial no Exército Aliado contra o Império Alemão. Ele participou da histórica Batalha de Amiens, na França, que foi o início da ofensiva dos cem dias que deu fim ao conflito.

- O irmão de Sidney Pullen Eustace Pullen também fez parte desta campanha.

- Quatro dias após o campeonato, o uniforme rubro-negro utilizado desde 1916 foi aprovado definitivamente pelo clube.

- O time campeão do Flamengo cedeu 5 jogadores à Seleção Brasileira que disputou o Sul-Americano no Chile: Kuntz, Telefone, Japonês, Sisson e Junqueira.

- Durante este campeonato, no aniversário do Clube, foi cantado pela primeira vez no Ring da Sede da Rua Paysandu o Hino do Flamengo, de autoria de Paulo Magalhães.

- Foi um campeonato sem grandes polêmicas. O Flamengo tinha como base o mesmo time do ano anterior e era um dos favoritos ao título. Mas o grande favorito mesmo era o Fluminense que podia se tornar tetracampeão seguido.

- No primeiro confronto entre os times, em 23/05/1920, o Flamengo venceu o Fluminense por 2 a 1, quebrando uma série invicta do Tricolor que vinha desde 1916 (11 jogos sem vencer, 6 derrotas e 5 empates).

- O título veio de forma muito tranquila, com o Flamengo se sagrando campeão com dois jogos de antecedência após a vitória sobre o Andaraí por 2 a 1, gols de Junqueira e Sidney Pullen.

1979 (Especial)

O terceiro campeonato invicto do Flamengo veio após 59 anos. Com um time base formado por jogadores que haviam conquistado de forma heróica o Campeonato Carioca de 1978, com o famoso gol do Rondinelli, que marcou toda uma geração. Em 1979, o time começou a mostrar o protagonismo no futebol do Rio e do Brasil, que perduraria até meados dos anos 1980.

A campanha do Flamengo: 18 jogos, 13 vitórias, 5 empates, 0 derrotas, 51 gols pró e 12 gols contra.

Primeiro turno:

1ª Rodada - 01/02/1979 - Flamengo 4 x 0 América

2ª Rodada - 08/02/1979 - Flamengo 2 x 0 Volta Redonda

3ª Rodada - 18/02/1979 - Flamengo 5 x 1 Fluminense de Friburgo

4ª Rodada - 21/02/1979 - Flamengo 1 x 0 Goytacaz

5ª Rodada - 04/03/1979 - Flamengo 1 x 1 Vasco

6ª Rodada - 08/03/1979 - Flamengo 2 x 0 São Cristóvão

7ª Rodada - 11/03/1979 - Flamengo 1 x 1 Fluminense

8ª Rodada - 14/03/1979 - Flamengo 6 x 1 Americano

9ª Rodada - 18/03/1979 - Flamengo 3 x 0 Botafogo

Segundo turno:

1ª Rodada - 24/03/1979 - Flamengo 6 x 1 São Cristóvão

2ª Rodada - 29/03/1979 - Flamengo 7 x 1 Goytacaz

3ª Rodada - 01/04/1979 - Flamengo 1 x 1 América

4ª Rodada - 08/04/1979 - Flamengo 1 x 0 Volta Redonda

5ª Rodada - 11/04/1979 - Flamengo 2 x 1 Americano

6ª Rodada - 14/04/1979 - Flamengo 2 x 1 Vasco

7ª Rodada - 18/04/1979 - Flamengo 4 x 0 Fluminense de Friburgo

8ª Rodada - 22/04/1979 - Flamengo 1 x 1 Fluminense

9ª Rodada - 29/04/1979 - Flamengo 2 x 2 Botafogo

Artilharia do Flamengo: Zico (26) (Artilheiro do campeonato) , Luisinho das Arábias (6), Cláudio Adão (5), Tita (3), Reinaldo (3), Adílio (3), Júnior (1), Andrade (1), Carpegiani (1), Júlio César (1) e Rondinelli (1).

Curiosidades:

- No ano de 1979 foram realizados dois campeonatos cariocas, com o Flamengo sendo campeão das duas competições e assim se sagrando Tricampeão Estadual pela terceira vez. A confusão (de dois campeonatos) se deu a partir de uma exigência da Confederação Brasileira de Desportos, que exigiu em agosto de 1978 a fusão dos campeonatos dos antigos Estados do Rio de Janeiro e da Guanabara. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro convocou um conselho arbitral que definiu que a fusão dos campeonatos do Rio e da Guanabara ocorreria em 1979. A definição da fórmula do campeonato, número de clubes participantes, etc, virou grande disputa, e adentrou o início de 1979. De um lado a proposta de Flamengo, Fluminense, Vasco e alguns pequenos que queriam um campeonato com 10 clubes (6 do Rio e 4 do interior). Já o bloco com pequenos e liderados pelo América queriam 18 clubes em 3 turnos (12 do Rio e 6 do interior). Depois de muita conversa rolou, até que o então presidente do Vasco, Agathyrno da Silva Gomes, deu a solução: dois campeonatos numa mesma temporada.

- Ao ser campeão do Campeonato Carioca Especial de 1979, o Flamengo se tornou o primeiro campeão invicto da Era Maracanã.

- Neste ano, João Nogueira lançou o uma nova versão do “Samba Rubro-negro”, agora citando os jogadores Zico, Adílio e Claudio Adão.

- Flamengo foi novamente Campeão de Terra e Mar em 1979.

- Durante o campeonato, o Flamengo fez uma pausa no segundo turno para um amistoso histórico contra o Atletíco-MG no Maracanã, pelas vítimas da Chuva em Minas. Foi o jogo no qual Pelé jogou com a camisa do Flamengo.

- O Flamengo, campeão carioca de 1978, começa o Campeonato Carioca Especial como favorito ao título. O time tinha com base a geração formada por Zico, Adílio, Junior, Tita, etc...

- O Flamengo foi campeão com uma partida de antecedência, por conta do empate entre Vasco e Fluminense por 0 a 0. Restando o jogo final contra o Botafogo para definir se seria campeão invicto ou não. Resultado: 2 a 2 e Mengão campeão invicto.

1996

Após a frustração com a falta de títulos no ano de 1995, vários reforços foram contratados, como Djair, Marcio Costa, Mancuso, Zé Mária, Amoroso e Marques. Chegou também o técnico Joel Santana, campeão com o Fluminense no ano anterior. O quarto título invicto da história do Flamengo veio até mesmo com certa facilidade.

A campanha do Flamengo: 22 jogos, 18 vitórias, 4 empates, 0 Derrotas, 57 gols pró e 15 gols contra.

Primeiro turno (Taça Guanabara):

1ª Rodada - 14/03/1996 - Flamengo 2 x 1 Volta Redonda

2ª Rodada - 20/03/1996 - Flamengo 2 x 1 Bangu

3ª Rodada - 24/03/1996 - Flamengo 3 x 0 Barreira

4ª Rodada - 31/03/1996 - Flamengo 6 x 2 Olaria

5ª Rodada - 07/04/1996 - Flamengo 2 x 0 Botafogo

6ª Rodada - 10/04/1996 - Flamengo 2 x 1 Itaperuna

7ª Rodada - 14/04/1996 - Flamengo 3 x 0 Madureira

8ª Rodada - 21/04/1996 - Flamengo 2 x 2 Fluminense

9ª Rodada - 24/04/1996 - Flamengo 2 x 0 Americano

10ª Rodada - 28/04/1996 - Flamengo 4 x 1 América

11ª Rodada - 05/05/1996 - Flamengo 2 x 0 Vasco

Segundo turno (Taça Rio):

1ª Rodada - 12/05/1996 - Flamengo 1 x 0 Volta Redonda

2ª Rodada - 19/05/1996 - Flamengo 3 x 0 Itaperuna

3ª Rodada - 22/05/1996 - Flamengo 2 x 2 Bangu

4ª Rodada - 25/05/1996 - Flamengo 4 x 0 Barreira

5ª Rodada - 30/05/1996 - Flamengo 4 x 1 Olaria

6ª Rodada - 02/06/1996 - Flamengo 2 x 2 Botafogo

7ª Rodada - 10/06/1996 - Flamengo 5 x 1 Madureira

8ª Rodada - 16/06/1996 - Flamengo 1 x 0 Fluminense

9ª Rodada - 19/06/1996 - Flamengo 1 x 0 Americano

10ª Rodada - 23/06/1996 - Flamengo 4 x 1 América

11ª Rodada - 30/06/1996 - Flamengo 0 x 0 Vasco

Artilharia do Flamengo: Romário (26) (artilheiro do campeonato) , Sávio (8), Nélio (5), Marques (4), Amoroso (4), Jorge Luís (3), Gláucio (2), Iranildo (2), Gilberto (1), Mancuso (1) e 1 gol contra.

Curiosidades:

- O campeonato foi disputado na fórmula de turno (Taça Guanabara) e returno (Taça Rio). Os vencedores de cada turno se enfrentariam. Porém, o Flamengo venceu os dois turnos e ficou com o título.

- A última partida da Taça Guanabara envolveu os dois times que mais pontuaram no turno: Flamengo e Vasco (05/05/1996). O Flamengo jogava por um empate, mas garantiu a vitória por 2 a 0 sobre gols de Romário e Sávio.

- Na Taça Rio, o cenário se repetiu. Flamengo e Vasco na decisão (16/07/1996). O empate era do Flamengo, em caso de vitória do Vasco haveria um jogo extra, no qual o Flamengo teria um ponto de vantagem (vantagem do empate) Porém, não foi preciso uma nova partida. O empate de 0 a 0 deu o título invicto ao Flamengo.

2011

Com um time recheado de reforços de peso, como Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves, o Flamengo se sagrou campeão invicto pela quinta vez em sua história.

A campanha do Flamengo: 19 jogos, 12 vitórias, 7 empates, 30 gols pró e 13 gols contra.

Taça Guanabara:

1ª Rodada - 19/01/2011 - Flamengo 2 x 0 Volta Redonda

2ª Rodada - 22/01/2011 - Flamengo 3 x 1 América

3ª Rodada - 26/01/2011 - Flamengo 2 x 0 Americano

4ª Rodada - 30/01/2011 - Flamengo 2 x 1 Vasco

5ª Rodada - 02/02/2011 - Flamengo 1 x 0 Nova Iguaçu

6ª Rodada - 06/02/2011 - Flamengo 3 x 2 Boavista

7ª Rodada - 13/02/2011 - Flamengo 1 x 0 Resende

Semifinal - 20/02/2011 - Flamengo 1 x 1 Botafogo (pen: 3 x 1)

Final - 27/02/2011 - Flamengo 1 x 0 Boavista

Taça Rio:

1ª Rodada - 04/03/2011 - Flamengo 3 x 2 Olaria

2ª Rodada - 10/03/2011 - Flamengo 2 x 1 Bangu

3ª Rodada - 13/03/2011 - Flamengo 0 x 0 Fluminense

4ª Rodada - 20/03/2011 - Flamengo 0 x 0 Cabofriense

5ª Rodada - 27/03/2011 - Flamengo 3 x 3 Madureira

6ª Rodada - 02/04/2011 - Flamengo 2 x 0 Duque de Caxias

7ª Rodada - 10/04/2011 - Flamengo 2 x 0 Botafogo

8ª Rodada - 17/04/2011 - Flamengo 1 x 1 Macaé

Semifinal - 24/04/2011 - Flamengo 1 x 1 Fluminense (pen: 5 x 4)

Final - 01/05/2011 - Flamengo 0 x 0 Vasco (pen: 3 x 1)

Artilharia do Flamengo: Thiago Neves (7), Deivid (5), Ronaldinho Gaúcho (4), Wanderley (4), Renato Abreu (2), Vander (1), David Braz (1), Negueba (1), Ronaldo Angelim (1), Diego Maurício (1), Leonardo Moura (1), Jean (1) e 1 gol contra.

Curiosidades:

- O Maracanã se encontrava em obras para a Copa do Mundo, e por isso o campeonato não teve jogos no estádio.

- Este campeonato marcou a estreia do Ronaldinho Gaúcho pelo Flamengo. Considerado uma das maiores contratações da história do futebol brasileiro, o craque estreou no dia 02/02/2011, na vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Nova Iguaçu, no Estádio Nilton Santos – o Engenhão.

- Durante o campeonato foi lançado o hit "Bonde do Mengão sem Freio".

- O Flamengo novamente foi Campeão de Terra e Mar.

- No primeiro turno, o Flamengo ficou em primeiro lugar do Grupo A e enfrentou o Botafogo que ficou em segundo colocado no Grupo B, na semifinal. O time rubro-negro abriu o placar com Ronaldo Angelim, as 14 minutos do 1º tempo, e o clube de General Severiano empatou com Loco Abreu, aos 3 minutos do 2º tempo. A partida foi para os pênaltis. O goleiro Felipe brilhou defendendo duas penalidades (Éverton e Somália), o Botafogo ainda perderia um terceiro pênalti, chutado para fora por Renato Cajá. Resultado: Flamengo finalista vencendo nas penalidades por 3 a 1. No outro jogo, o Boavista venceu o Fluminense nos pênaltis por 4 a 2 após um empate de 2 a 2 no tempo normal. A final da Taça Guanabara então foi disputada entre Flamengo x Boavista. Vitória do Flamengo com um gol de Ronaldinho Gaúcho de falta, aos 26 do segundo tempo. Mengão campeão, festa no Engenhão, com direito a coreografia do Bonde do Mengão Sem Freio feita pelos jogadores.

- O Flamengo ficou em segundo no Grupo A e enfrentou o Fluminense, primeiro do Grupo B, na semifinal da Taça Rio. O time rubro-negro tinha os desfalques de Ronaldinho Gaúcho e Léo Moura. O tempo normal terminou 1 a 1 (Rafael Moura, aos 21 minutos do primeiro tempo para o Flu e Thiago Neves, aos 22 minutos do segundo tempo para o Fla). Nas penalidades, 5 a 4 Mengão. Novamente brilhou o goleiro Felipe com 2 defesas (Araújo e Tartá). No total o Fluminense perdeu 3 pênaltis e o Flamengo perdeu 2. Vaga na final para o clube da Gávea. No outro jogo, o Vasco, primeiro do Grupo A, enfrentou o Olaria, segundo do Grupo B. O time cruzmaltino venceu por 1 a 0 e garantiu vaga na final. Na grande final da Taça Rio (01/05/2011) mais um empate: 0 a 0. Jogo vai para os pênaltis, desta vez o goleiro Felipe não precisou brilhar. Os vascaínos bateram 3 penalidades para fora e o Flamengo venceu por 3 a 1.

2017

O Campeonato Carioca de 2017 foi o sexto campeonato que o Flamengo conquistou invicto em sua história.

A campanha do Flamengo: 17 jogos, 12 vitórias, 5 empates, 0 derrotas, 39 gols pró e 12 gols contra.