Esposa de Gaúcho, atriz Inês Galvão diz que luta com câncer durou 7 anos

Inês Galvão e Gaúcho (Foto: Reprodução/Facebook) Inês Galvão e Gaúcho se casaram em 1991 e tiveram três filhos (Foto: Reprodução/Facebook)

A batalha de Luís Carlos Tóffoli, o Gaúcho, com o câncer de próstata durou sete anos e, na maior parte do tempo, o ex-atacante de Flamengo e Palmeiras esteve à frente no placar. De acordo com a atriz Inês Galvão, casada com o ídolo rubro-negro desde 1991, ele descobriu que tinha a doença em meados de 2009 e, a partir de então, quase sempre teve sucesso em controlá-la por meio de tratamentos específicos, como a radioterapia.

Segundo Inês, porém, Gaúcho não gostava de comentar a respeito e só revelou que tinha câncer a pessoas bem próximas, como familiares e amigos íntimos. Dentre eles, Renato Gaúcho e Uidemar, velhos parceiros de Flamengo. O ex-jogador morreu em São Paulo na última quinta-feira, aos 52 anos, e foi enterrado em Goiânia na sexta, no Cemitério Jardins das Palmeiras, como desejava.

- Gaúcho descobriu que tinha câncer quando estava com 45 anos. Foi um baque no início, mas sempre fez os tratamentos, e eles davam resultado. Às vezes ele se sentia mal, ligávamos para o médico em São Paulo ou íamos até lá, mas tudo sob controle. Ele só não gostava muito de falar. Não contava. Quem soube foi apenas a família e alguns amigos, como o Renato (Gaúcho) e outros próximos também - revelou Inês.

Veja vídeos da carreira de Gaúcho:

irreverente Gaúcho aproveita artilharia e brinca com o carrão novo
artilheiro Confira uma seleção com os melhores gols do ex-atacante
aposta Em 1992, Renato oferece churrasco a Gaúcho após final


A doença se agravou a partir de janeiro deste ano, quando, de acordo com Inês, Gaúcho teve que fazer quimioterapia pela primeira vez. As primeiras sessões do tratamento não deram o resultado esperado, e o câncer se alastrou para outros órgãos. O ex-atacante ficou internado no Hospital Beneficência Portuguesa, na capital paulista, por cerca de duas semanas antes de falecer.

Gaúcho jamais teve medo de morrer. Ele aproveitou a vida. No hospital, não chegou a sentir dor ou sofrer. (...) Ele foi muito feliz em vida e viveu tudo que quis"
Inês Galvão, esposa do ex-atacante

- Ele se sentiu mal numa sexta-feira e decidimos ir para São Paulo. O Gaúcho saiu de casa andando normalmente, mas quando descemos do avião no aeroporto ele já não conseguia mais. Precisou ser levado de cadeira de rodas. Nunca tinha visto algo assim.

Conhecido pelo bom humor e pela irreverência, Gaúcho marcou época no futebol brasileiro, sobretudo com a camisa do Flamengo. Apesar do estado de saúde ter piorado enquanto esteve internado em São Paulo, Inês diz que o marido sempre manteve o jeito de ser e foi feliz até os últimos instantes.

- Gaúcho jamais teve medo de morrer. Ele aproveitou a vida. No hospital, não chegou a sentir dor ou sofrer. Estava já sedado desde segunda-feira, quando o estado clínico piorou. Estamos tristes, mas sabemos que ele foi muito feliz em vida e viveu tudo que quis. Ele quis ser jogador e foi. Quis ser ídolo de um grande clube e foi. Quis casar e ter três filhos e teve. Além disso, foi sempre irreverente. Deixa um legado bacana e várias histórias bonitas - afirma a esposa.

Carrossel-GAUCHO-Falecimento-02-280 (Foto: infoesporte) Gaúcho ergue taça pelo Fla com inseparável amigo Charles (Foto: infoesporte)

Nascido em Canoas (RS), aos dez anos Gaúcho se mudou com a família para Goiânia, onde foi criado até se tornar jogador. O ex-atacante disputou 200 jogos pelo Flamengo e marcou 98 gols. Conquistou títulos importantes pelo Rubro-Negro, como a Copa do Brasil de 1990 e o Campeonato Brasileiro de 1992. Antes de aposentar, defendeu o Anápolis. Ele deixa três filhos - Leonardo, de 21 anos, e as gêmeas Maria Luísa e Maria Vitória, de dez -, além de um enteado.

SAIBA MAIS
Uidemar lamenta morte de Gaúcho e recorda forte amizade criada no Fla
Paulo Nunes exalta o amigo Gaúcho: "Era o rei do Rio, mas muito humilde"

Gaúcho em churrasco (Foto: Reprodução/Facebook) Gaúcho em churrasco com amigos dos tempos de Flamengo; filhas e esposa ao fundo (Foto: Reprodução/Facebook)
Fonte: Globo Esporte
)