Vistoria aponta sete cadeiras quebradas no Flamengo x Madureira no Nilton Santos

O Flamengo realizou na noite da última quarta-feira o primeiro dos dois jogos que fechou com o Botafogo no Nilton Santos, contra o Madureira, pela abertura da Taça Rio. Ao todo, 4.672 rubro-negros compareceram à partida, e logo após a vitória por 4 a 0 começaram a circulas nas redes sociais fotos e vídeos de cadeiras sendo danificadas no estádio.

Na manhã desta quinta, Botafogo e Flamengo realizaram uma vistoria conjunta que apontou sete assentos quebrados no Setor Leste, a custo de R$ 250 cada um. Além disso, cerca de outras cinco cadeiras no Setor Oeste tiveram os adesivos com os nomes de botafoguenses a – cada torcedor pagou R$ 50 para personalização. O Alvinegro contabilizou um prejuízo próximo a R$ 2 mil.

Em comunicado oficial através de sua assessoria de imprensa, o Flamengo anunciou que irá arcar com os custos e condenou o comportamento dos torcedores responsáveis:

"Após vistoria realizada na manhã desta quinta-feira, em conjunto com representantes do Botafogo, foi identificado que sete cadeiras do estádio Nilton Santos foram quebradas durante o jogo contra o Madureira, na noite desta quarta-feira. Como mandante, o Fla arcará com prejuízos e condena a atitude dos indivíduos que causaram problemas ao Botafogo e ao próprio Fla. Atos impensados podem provocar punições, prejudicar performance esportiva, afastar o torcedor da maior paixão e o clube do maior patrimônio".

Dano é o menor dos últimos prejuízos

O Botafogo não se pronunciou sobre o prejuízo, mas internamente a diretoria considerou a quantidade de cadeiras quebradas a mesma de jogos do Alvinegro e por isso o fato não foi considerado grave. O número de danos do jogo de quarta foi o menor das últimas partidas no estádio com mando de campo de terceiros.

No ano passado, um Fla-Flu no Nilton Santos resultou em 20 assentos quebrados e um prejuízo de R$ 5 mil, enquanto um Flamengo x Botafogo teve 34 cadeiras danificadas, resultando em um custo de aproximadamente R$ 9 mil. Esses números antigamente passavam de 100, como por exemplo no Vasco x Flamengo de 2012, que contabilizou 120 assentos depredados.

Fonte: Globo Esporte

Comentários

Jogos

Brasileirão Série A
FlamengoFlamengo
1 x 2
Atlético PRAtlético PR
Últimas
+ Lidas da semana