Logo Netfla

Veterano no Ninho, precoce na bola: herói no Sub-20 do Flamengo era conselheiro de vítimas no CT

Na teoria, não era para o Flamengo ter nenhum jogador alojado em campo pelo time Sub-20. Mas tinha. E que bom que Rodrigo Muniz é precoce ao ponto de se tornar um protagonista emblemático da volta dos Garotos do Ninho após a tragédia de 8 de fevereiro.

Rodrigo exibe símbolo de luto no uniforme do Flamengo com nome dos amigos, abaixo do escudo — Foto: Cahê Mota / GloboEsporte.com

Rodrigo exibe símbolo de luto no uniforme do Flamengo com nome dos amigos, abaixo do escudo — Foto: Cahê Mota / GloboEsporte.com

É regra no clube que jovens acima dos 18 anos abram espaço nas instalações do CT para promessas mais novas e vivam por seus próprios recursos. Rodrigo, porém, tem só 17, e era o mais próximo das vítimas do incêndio em campo na vitória por 4 a 0 sobre o Ceilândia (DF), em Volta Redonda, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Os dois gols comemorados entre lágrimas foram dedicados aos amigos que tinham os nomes marcados no símbolo de luto abaixo do escudo. Quase que pupilos para o experiente atacante que deixou São Domingos da Prata (MG) para fazer do Ninho seu novo lar:

- Muito feliz em fazer o gol e a minha emoção foi pelos moleques. Me emocionei muito. Lembrei das resenhas todos os dias de noite no alojamento. Como eu era um dos mais velhos, os moleques me respeitavam muito. Tudo que eles iam fazer me perguntavam. Quando soube (do incêndio), chorei muito.

Por ter participado da Copa São Paulo, onde fez três gols, Rodrigo estava de férias no período do incêndio, distante do Ninho e perto da família em solo mineiro. A volta ao CT ainda não aconteceu devido interdição. Mas o atacante conta as horas:

- Vamos ficar mais fortes ainda quando o Ninho voltar. A expectativa é muito boa e já já o Ninho vai estar liberado.

Enquanto o Ninho cumpre os procedimentos exigidos para ter o alvará de funcionamento, as categorias de base treinam no CT do Audax, em São João do Meriti. Rotina sacrificante em um momento doloroso, mas que o técnico Mauricio Souza vê como motivador para a garotada:

- Percebemos o Rodrigo emocionado, é um alojado do clube, esteve com esses garotos até pouco tempo. Mas percebemos que eles estão tirando isso como um impulso, com muita luta para realizar o sonho deles.

Com Rodrigo em campo, o Flamengo volta a jogar pelo Sub-20 domingo, 16h (de Brasília), contra o Goytacaz, na Gávea, pela primeira rodada da Taça GB. A vida segue, e o verso da música em homenagem às vítimas inspira uma garotada que promete “jogar para sempre por vocês (vítimas)”.

banner flamengo — Foto: Divulgação

Fonte: Globo Esporte

Comentários

Jogos

Próximo jogo 1 dia, 13 horas a partir de agora
Copa do Brasil
FlamengoFlamengo
X
Athletico PRAthletico PR
Qua 17/07 / Maracanã / 21h30
Brasileirão - Série A
FlamengoFlamengo
6 x 1
GoiásGoiás
Últimas
+ Lidas da semana