Ventilado no Flamengo, jogador do Atlético-MG tem futuro indefinido em 2022

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo Alexandre Vidal/Flamengo

Rio - O lateral-direito Guga, de 23 anos, não vem sendo titular do Atlético-MG nesta temporada. Ventilado no Flamengo desde 2019, o jogador não teria futuro garantido na próxima temporada no clube mineiro. Na opinião de Vitor Birner, o jovem pode deixar o Galo.
"Eu tenho dúvidas sobre a permanência do Guga para o ano que vem, não sei se o Atlético vai se reforçar, creio que sim. Na próxima temporada, os investimentos não devem acabar, talvez um olhar para outro jogador nesta posição seja intenção da diretoria", afirmou.
Guga chegou ao Atlético-MG em 2018, após se destacar pelo Avaí. O Galo adquiriu 75% dos direitos econômicos de jogador por pouco mais de R$ 8 milhões. Os outros 25% ficaram com o Avaí. Neste ano, os mineiros entraram em acordo com os catarinenses.
Os rumores de Guga no Flamengo começaram em 2019, após o lateral comemorar o título da Libertadores do clube carioca. Na ocasião, o lateral-direito quase acabou sendo dispensado pelo Galo. O seu nome voltou a ser ventilado no Rubro-Negro em outras ocasiões.
Atualmente, o Flamengo conta com três jogadores para a posição: Maurício Isla, da seleção chilena, Matheuzinho, jovem de 21 anos e revelado pelo clube carioca, e Rodinei, velho conhecido dos torcedores, apesar do grande número de opções, nenhum dos jogadores é intocável no elenco e o Rubro-Negro pode buscar reforços para a posição em 2022.
Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo Alexandre Vidal/Flamengo

Rio - O lateral-direito Guga, de 23 anos, não vem sendo titular do Atlético-MG nesta temporada. Ventilado no Flamengo desde 2019, o jogador não teria futuro garantido na próxima temporada no clube mineiro. Na opinião de Vitor Birner, o jovem pode deixar o Galo.
"Eu tenho dúvidas sobre a permanência do Guga para o ano que vem, não sei se o Atlético vai se reforçar, creio que sim. Na próxima temporada, os investimentos não devem acabar, talvez um olhar para outro jogador nesta posição seja intenção da diretoria", afirmou.
Guga chegou ao Atlético-MG em 2018, após se destacar pelo Avaí. O Galo adquiriu 75% dos direitos econômicos de jogador por pouco mais de R$ 8 milhões. Os outros 25% ficaram com o Avaí. Neste ano, os mineiros entraram em acordo com os catarinenses.
Os rumores de Guga no Flamengo começaram em 2019, após o lateral comemorar o título da Libertadores do clube carioca. Na ocasião, o lateral-direito quase acabou sendo dispensado pelo Galo. O seu nome voltou a ser ventilado no Rubro-Negro em outras ocasiões.
Atualmente, o Flamengo conta com três jogadores para a posição: Maurício Isla, da seleção chilena, Matheuzinho, jovem de 21 anos e revelado pelo clube carioca, e Rodinei, velho conhecido dos torcedores, apesar do grande número de opções, nenhum dos jogadores é intocável no elenco e o Rubro-Negro pode buscar reforços para a posição em 2022.
Fonte: O Dia
)