Rio - O Uruguai não está disposto a facilitar a vida do Flamengo pela liberação de Arrascaeta, Matias Viña, Nicolas De La Cruz e Guillermo Varela para o jogo contra o Grêmio, pelo Brasileirão, no dia 13. Após o Rubro-Negro insistir em trazer os atletas de volta "na marra" , a Celeste busca respaldo para vetar o retorno. A informação foi dada primeiramente pelo site "Goal".
Inicialmente, o Flamengo tentou uma solução amigável com os uruguaios pela liberação. No entanto, a resposta foi negativa. Mesmo assim, o Flamengo insiste no retorno, que é permitido , já que há um intervalo de três dias entre os amistosos da Data Fifa e a Copa América.
Ciente da posição do time carioca, a Federação Uruguaia tentará brechas no regulamento para que os atletas sigam concentrados. No entendimento da Celeste, os clubes estão obrigados a cederem os jogadores no dia 13 de junho.
Arrascaeta, De La Cruz, Varela e Viña, inclusive, já estão avisados que irão jogar contra o Grêmio . O duelo será exatamente uma semana antes do início do torneio continental, que acontece entre os dias 20 de junho e 14 de julho, nos Estados Unidos.