Depois de dois vice-campeonatos nas competições oficiais da modalidade, o Flamengo, enfim, soltou o grito de campeão no League of Legends. Com vitória sobre a Team oNe por 3 a 2, de virada, o Rubro-Negro conquistou a edição deste ano do Desafio Comic Con Experience (CCXP).

Coincidentemente, a conquista acontece um ano após o clube estrear no título desenvolvido pela Riot Games e no mesmo evento em que disputou sua primeira partida competitiva. Na última temporada o Flamengo também disputou uma competição na CCXP, o Desafio Promo Arena, no qual acabou sendo eliminado nas semifinais após derrota para a IDM Gaming.

Assim como naquela ocasião, o Rubro-Negro participou da competição com a informação incompleta. Isso porque o atirador Felipe “brTT” Gonçalves está em Las Vegas disputando o All-Star. Em contrapartida, o Flamengo pode contar com a presença de seus principais reforços: o topo Leonardo “Robo” Souza e o suporte sul-coreano Han "Luci" Chang-hoon.

O Desafio Comic Con Experience contou com a participação de quatro equipes. Além de Flamengo e Team oNe, também participaram do minitorneio a IDM Gaming e a Red Canids.

A história do Flamengo no League of Legends começou a ser escrita em julho de 2017, quando os conselhos administrativo e deliberativo do clube aprovaram a entrada da agremiação nos esportes eletrônicos. Três meses depois o Rubro-Negro lançou a divisão de esports e começou a montar a equipe de League of Legends peça por peça.

Neste ano o Rubro-Negro disputou as duas maiores competições da modalidade no Brasil. O Flamengo começou no Circuito Desafiante, no qual entrou após adquirir a vaga da antiga Merciless e terminou na segunda colocação. No Campeonato Brasileiro o mesmo resultado, vice-campeonato para a KaBuM.