Rio - A última conquista do Flamengo completa um ano neste domingo (29): a Libertadores da América de 2022, quando venceu o Athletico-PR por 1 a 0, no Equador, com gol de Gabigol. Em 2023, o Rubro-Negro não levantou nenhuma taça. Ainda resta a disputa do Campeonato Brasileiro, mas, neste momento, a equipe comandada por Tite está há nove pontos do líder Botafogo, com um jogo a mais.
Nesta temporada, o Flamengo disputou sete títulos e não conquistou nenhum. Foi vice-campeão do Campeonato Carioca, da Copa do Brasil, da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana. Já na Libertadores da América, caiu nas oitavas de final, para o Olímpia, do Paraguai.
"A gente sabe que é um ano muito frustrante para nós. Não estamos acostumados com isso. Estamos acostumados a levantar taças, então é um ano atípico e a gente tem que levantar a cabeça", ponderou Arrascaeta após perder a final da Copa do Brasil para o São Paulo, no Morumbi.
O próximo compromisso do Flamengo na competição que restou em 2023, o Brasileirão, será contra o Santos, na quarta-feira (1), às 20h, no Mané Garrincha. O Rubro-Negro ocupa a quinta posição na tabela, com 50 pontos.