Entre o ônus e o bônus de estender a pré-temporada nos Estados Unidos, Tite vê saldo positivo do trabalho realizado nas últimas duas semanas , em que pese ter deixado de lado as primeiras rodadas do Campeonato Carioca. Se por um lado o treinador teve mais tempo para treinar e ajustar o elenco com a chegada de novos jogadores, o Flamengo retorna ao Brasil com a necessidade de vencer no Campeonato Carioca, após dois tropeços com o time B.
"Na vida você não ganha tudo. Na medida que dá oportunidade para garotos jovens, ao lado de Matheuzinho, Thiago (Maia) e Pablo, de participarem, você jogar sem um poderio técnico maior te tira a oportunidade de ter vencido, teoricamente, os jogos. Em contrapartida, nos dá oportunidade de fazer todo trabalho físico intenso, nas relações de trabalhos táticos...", avaliou Tite em entevista à FlaTV.
Com esse pensamento, o treinador admite que a partir de quarta-feira (31), quando enfrenta já com os titulares o Sampaio Correa, em Belém, o pensamento passa a ser pontuar de olho na classificação final da Taça Guanabara .
Afinal, os dois primeiros colocados têm vantagem de dois resultados iguais nas semifinal do Carioca . Atualmente, o Rubro-Negro está em oitavo lugar, com cinco pontos, mas um jogo a menos (contra o Volta Redonda, que foi adiado).
"(A pré-temporada nos Estados Unidos) traz um componente de benefício e dá responsabilidade de vencer, estar na melhor colocação possível no Carioca, para que tenhamos condição de classificar em vantagem (na semifinal). Esses são os aspectos", completou.
Ao realizar o último treino da pré-temporada, a delegação do Flamengo desembarca no Brasil na terça-feira (30) à noite . E já pretende ir com força máxima contra Sampaio Corrêa e no clássico de domingo com o Vasco, no Maracanã.