Thiago Maia teve a missão bem-sucedida de evitar que Payet armasse o jogo na vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Vasco , domingo, pelo Brasileirão. O volante aproveitou sua experiência de marcar o francês quando jogou pelo Lille contra o Olympique de Marselha e contou como sua tática funcionou.
"Já o conheço porque nos enfrentamos na França. É um jogador de muita qualidade. Sabemos que se deixarmos ele pensar, vai fazer o que quer. Tentei inibir um pouco. Dei uma chegadinha nele para que parasse de querer ir para frente. Acho que deu certo (risos). Mas se ele passa por mim, tem o Pulgar por trás. Deu tudo certo", disse.
A vitória sobre o Vasco, inclusive, foi a primeira vez em que Thiago Maia se deu melhor sobre Payet. Na outra vez, pelo Campeonato Francês, o Lille, onde jogava o volante, levou 5 a 1 do Olympique, em 2018 .
Thiago Maia também exaltou a parceria no meio de campo com Erick Pulgar. O jogador acredita que voltou a crescer de desempenho ao lado do chileno.
"Fico feliz por estar jogando com ele. É um cara que tem me feito crescer bastante junto. Quando eu subo, ele está me cobrindo. Quando é a vez dele, sou eu. Você pode ver que a gente nem olha um para o outro e faz a cobertura", completou.