Gerson - Reprodução / FlaTV

Gerson Reprodução / FlaTV

Rio - Nesta quarta-feira, após a partida contra o Fortaleza, chega ao fim a passagem de Gerson com a camisa do Flamengo. Com oito títulos conquistados pelo clube carioca, o meia seguirá rumo ao velho continente, onde defenderá as cores do Olympique de Marselha, da França. Mesmo em clima de despedida e emoção na Gávea, o jornalista Celso Unzelte, do grupo Disney, garante que o Rubro-Negro não conseguirá um substituto a altura de Gerson.
"Tecnicamente não haverá reposição, é muito difícil. Vamos afirmar que não há a reposição de um jogador pelo outro. O Flamengo tem é que adaptar, se acostumar a jogar sem o Gerson, acho isso até mais possível. Eu aposto, de tudo que o Flamengo tem, eu aposto no Thiago Maia. Mas mesmo assim não é o Gerson. O Flamengo perde bastante. Mesmo sem o Gerson, o Flamengo sobra. Ele vai deixar saudade, é um ótimo jogador", garantiu o jornalista.
Ainda de acordo com Celso Unzelte, o meia fica ao lado de Gabigol em grau de importância na história do Flamengo.
"Se ele não tem mais importância que o Gabigol, menos também ele não tem não. Eu falo do Gabigol porque eu pego o pico de toda essa ‘era’ né? É uma ‘Era Rubro-Negra’. Eu coloco ele ali ombro a ombro com o Gabigol. Acho que o Flamengo vai ter muita dificuldade pelo tipo de jogo que ele exerce, é difícil fazer um jogador fazer o que ele fez. O cara jogou cento e poucas vezes e ganhou oito títulos, isso não é à toa né? Não são só os resultados, é a maneira como ele contribuía para esse tipo de jogo do Flamengo", disse o jornalista.