Rio - O Flamengo começará a jornada na Libertadores 2024 com uma viagem a Bogotá, na Colômbia, para enfrentar o Millonarios . A equipe, que atua no Estádio El Campín, joga a mais de 2.600 metros de altitude. No entanto, um show pode "ajudar" o Rubro-Negro a escapar desse problema.
A cantora colombiana Karol G tem um show marcado para o dia 5 de abril no El Campín. Já o jogo entre Millonarios e Flamengo está previsto para acontecer no dia 2. Nesse sentido, de acordo com a imprensa colombiana, há um acordo com a prefeitura de Bogotá e a produção da artista para que o local da apresentação esteja disponível a partir do dia 1º do mês que vem.
Mesmo com os impasses, o Millionários irá tentar manter a partida em seu estádio, segundo o jornal "El Tiempo", mas a mudança de local da partida não é descartada.
"Expressamos para ambas as partes a importância de disputar essa partida no El Campín. Foram colocadas poções e possibilidades para que nós e nossa torcida não saíssemos afetados, assim como a produção do evento", disse uma fonte ao veículo colombiano.
Caso o local do confronto seja alterado, o desgaste do Rubro-Negro na logística da partida será muito menor. Junto com o fato de atuar na altitude, a viagem para a Colômbia é cansativa — dura em média 12 horas. Além disso, será entre as finais do Campeonato Carioca, contra o Nova Iguaçu.
Desse modo, o Flamengo pode evitar um problema que ocorreu no ano passado, por exemplo, quando viajou ao Equador para enfrentar o Aucas, que joga na altitude de Quito, pela Libertadores, em meio a final do Carioca contra o Fluminense.
Na época, o Rubro-Negro chegou a vencer o jogo de ida por 2 a 0. No entanto, já após a partida contra o Aucas, foi goleado por 4 a 1 para o Fluminense e amargou o vice-campeonato.