Rio - Não vai ser dessa vez que Rossi quebrará o recorde mundial de mais minutos sem sofrer gols. O goleiro argentino do Flamengo teve a série de 1.134 minutos sem ser vazado quebrada nesta última terça-feira (2), aos 34 minutos do segundo tempo da partida contra o Millonarios, da Colômbia, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores.
O meia Daniel Ruiz foi o responsável por encerrar a série do goleiro, que se tornou o recordista do Flamengo — superou o ex-goleiro Cantarele, que era o dono do recorde do clube desde 1979. Porém, a marca de Rossi entrou para a história do futebol brasileiro como uma das cinco maiores, atrás de nomes como Mazarópi, Neneca, Jorge Reis e Zetti.
Mais tempo sem sofrer gols no Brasil :
1º — Mazarópi (Vasco) — 1.816 minutos
2º — Neneca (Náutico) — 1.636 minutos
3º — Jorge Reis (Rio Branco) — 1.604 minutos
4º — Zetti (Palmeiras) — 1.287
5º — Rossi (Flamengo) — 1.134
Rossi não sofria gol desde a última rodada do Campeonato Brasileiro de 2023, contra o São Paulo, no Morumbi. O gol do Millonarios foi apenas o segundo sofrido no ano pelo Flamengo em jogos oficiais, sendo o primeiro sob o comando de Tite. Antes, o time formado alternativo foi vazado pelo Nova Iguaçu, na Taça Guanabara, enquanto o elenco principal realizada pré-temporada nos Estados Unidos.
O Flamengo volta a campo no próximo domingo (7), às 17h (de Brasília), contra o Nova Iguaçu, no Maracanã, pelo jogo de volta da final do Campeonato Carioca. Na ida, o Rubro-Negro venceu por 3 a 0. Já o próximo compromisso pela Libertadores será na quarta-feira (10), às 21h30, contra o Palestino, do Chile, também no Maracanã.