Rio - Nesta quarta-feira, 10, Romário foi à Gávea para visitar o Museu Flamengo. Lá, o ex-jogador exaltou o clube, parabenizou a todos que participaram do processo de criação do museu e ressaltou a felicidade por ter vestido o manto.
"São muitas memórias, muitas alegrias, muitos momentos importantes e especiais vividos com a camisa do Flamengo de 1995 até 1999. Com certeza essa passagem pelo Flamengo marcou muito a minha história no futebol e na minha vida. Me sinto feliz de poder fazer parte direta e indiretamente dessa história. Parabéns a todos aqueles que idealizaram e produziram esse museu", disse Romário.
"Parabéns para a coisa mais importante e mais sagrada que o Flamengo tem, que é sua torcida. E dizer que vai ser sempre uma honra poder falar para todo mundo até o último dia da minha vida que tive o prazer de vestir o manto sagrado. Isso, para mim, foi do cara***", completou.
Ídolo do Flamengo, Romário atuou no time carioca entre 1995 e 1999. Atualmente, ele é senador e presidente do America-RJ.