O Flamengo não terá facilidade para contratar Matías Viña, principalmente em relação ao valor que terá de desembolsar. A Roma definiu que só irá liberar o lateral-esquerdo por 10 milhões de euros (cerca de R$ 53,5 milhões) . A informação é do site 'ge'.
Diante do alto valor, a diretoria rubro-negra tentará negociar uma diminuição na pedida. Em função do que irá gastar para contratar De La Cruz, pagando cerca de R$ 79 milhões , o clube fica com menos dinheiro no orçamento para investir neste primeiro semestre.
O Flamengo conta, ainda, com a punição da Roma na Uefa para conseguir um desconto na pedida inicial. O clube italiano descumpriu regras de Fair Play Financeiro e teve que assinar acordo no qual se comprometia a ter gastos mais modestos nas duas temporadas seguintes, além de negociar jogadores .
Também pesa a favor o fato de Viña ter comunicado à Roma o desejo de retornar ao futebol brasileiro . Emprestado ao Sassuolo, também da Itália, o lateral-direito defendeu o Palmeiras em 2020 e 2021 .
Entretanto, o Flamengo, que busca um substituto para Filipe Luís que se aposentou, não é o único clube na disputa pelo jogador uruguaio e tem a concorrência de dois clubes de São Paulo .