Rodrigo Muniz marca, e Flamengo vence o Coritiba pela Copa do Brasil

O Flamengo teve uma estreia tranquila na Copa do Brasil de 2021. A equipe, comandada nesta quinta por Maurício Souza na ausência de Rogério Ceni, deixou todos os desfalques de lado, venceu o Coritiba por 1 a 0 e largou na frente por uma vaga na próxima fase. O gol rubro-negro foi de Rodrigo Muniz, substituto dos selecionáveis Pedro e Gabigol, ainda no início da primeira etapa.

Agora, o Rubro-Negro avança para as oitavas de final da Copa até com um empate na volta, na próxima quarta. O jogo será no Maracanã, às 21h30 .

Antes, enfrenta o América-MG, no domingo, pela terceira rodada do Brasileirão.

+ Veja os confrontos e veja os classificados para as oitavas da Copa do Brasil!

RODRIGO MUNIZ ABRE O PLACAR NO COUTO

Os muitos desfalques, entre eles seis atletas que defenderam as seleções nos últimos dias e o técnico Rogério Ceni, e o "caso Gabriel Barbosa", que não se reapresentou ao clube, como esperado , deixaram o pré-jogo do Flamengo mais tenso e cheio de incertezas. Porém, assim que a bola rolou, o time de Maurício Souza assumiu o protagonismo e o controle total da situação no Couto Pereira.

Foi Rodrigo Muniz, substituto de Gabi e Pedro, quem abriu o placar, logo aos 15 minutos. Foi uma cabeçada típica de bom centroavante, aproveitando escanteio cobrado por Vitinho. Antes, o próprio garoto do Ninho e o camisa 11, além do meia Diego, haviam obrigado o experiente goleiro Wilson a trabalhar.

CORITIBA É DOMINADO E 'LEVA' PLACAR MÍNIMO

O Coritiba, por sua vez, não soube diminuir os espaços na saída de bola rival, tampouco criar oportunidades para contra-atacar. Assim, o Flamengo, mesmo sem "fazer força", seguiu dominante e criando chances. Os números ao fim da etapa final demonstraram a facilidade que o time de Maurício Souza encontrou no Couto Pereira: 72% de posse de bola, nove chutes a favor e nenhum contra.

A vantagem rubro-negra no intervalo só não foi maior pois o segundo gol de Rodrigo Muniz foi mal anulado, com o assistente marcando posição de impedimento inexistente de Bruno Henrique em passe do lateral Matheuzinho.

COM MUDANÇAS, COXA ENTRA NO JOGO...

Para o segundo tempo, o técnico Gustavo Morínigo fez logo três mudanças, acionando Taílson, Waguininho e Dalberto nos lugares de Matheus Sales, Robinho e Léo Gamalho. O posicionamento mais adiantado já foi o suficiente para o Coritiba, enfim, colocar Diego Alves no jogo, mas sem grandes defesas.

... MAS FLA LEVA VANTAGEM PARA O RIO

As desatenções do Flamengo na volta do intervalo - que não são novidades - auxiliaram o Coxa. Rodinei, que reestreou pelo Rubro-Negro, foi um a vacilar logo no início. Da mesma forma, o Coritiba ficou mais exposto. O problema é que, de um lado e do outro, faltou capricho no passe final, na hora de decidir.

Assim, a partida foi se arrastando até o apito final sem grandes chances. As entradas mais ríspidas, por outro lado, apareceram, e Nathan Ribeiro foi expulso no fim. A vantagem mínima do visitante persistiu, e o Flamengo leva a vantagem do empate para a partida de volta, na próxima quarta, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0X1 FLAMENGO

Estádio:
Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data e hora: 10 de junho de 2021, às 19h
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Jr (DF)

Gols: Rodrigo Muniz (0-1, 15'/2ºT)

Cartão amarelo: Nathan Ribeiro, Val, Romário e Luciano Castán (CTB); Matheuzinho e Vitinho (FLA)
Cartão vermelho: Nathan Ribeiro (CTB)

CORITIBA (Técnico: Gustavo Morínigo)

Wilson; Igor, Nathan Ribeiro, Luciano Castán e Romário; Willian Farias, Val, Matheus Sales (Tailson, Intervalo) e Robinho (Waguininho, Intervalo); Rafinha (Valdeci, 30'/2ºT) e Léo Gamalho (Dalberto, Intervalo).

FLAMENGO (Técnico: Maurício Souza)

Diego Alves; Matheuzinho (Rodinei, Intervalo), Willian Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; João Gomes (Hugo Moura, 39'/2ºT), Diego e Everton Ribeiro (Michael, 30'/2º); Vitinho, Bruno Henrique e Rodrigo Muniz.

Fonte: Lancenet
)