Rodrigo Caio - Divulgação
Rodrigo Caio Divulgação
Por Lance
Rio - O Flamengo vem de três resultados ruins no Brasileirão - empate sem gols com o Fortaleza e derrotas para Fluminense e Ceará -, e, ainda na disputa pelo título, tentará a recuperação fora do Rio de Janeiro. Entre segunda e domingo, o time de Rogério Ceni enfrenta o Goiás, o Palmeiras e o Athletico. Para Rodrigo Caio, o momento é de união para retomar o bom momento em sequência que pode definir as pretensões do clube da Gávea na reta final do Campeonato Brasileiro.
"São momentos difíceis (uma semana fora do Rio de Janeiro), longe da família, das pessoas que você está sempre junto. É o momento de nos juntar cada vez mais. Semana importantíssima para nós. Os três jogos vão definir muita a reta final do Brasileiro. Estamos mais vivos do que nunca. É o mais importante. Tivemos resultados negativos nas últimas rodadas, infelizmente, mas na tabela não nos afetou tanto. Com as vitórias teríamos colado no líder, que é nosso objetivo, mas estamos na briga", afirmou o zagueiro, antes de complementar:
Publicidade
"Foi uma semana muito produtiva, de trabalho intenso, estamos procurando melhorar e aperfeiçoar tudo para que a gente possa transmitir no jogo tudo que fazemos no treino. É o nosso objetivo. Sabemos que não estamos no nosso melhor momento, mas com o trabalho, a dedicação diária que todos atletas têm, vamos, pouco a pouco, encontrar a melhor forma", avaliou o camisa 3.
Estacionado nos 49 pontos, o Flamengo manteve-se a sete pontos de distância do líder São Paulo, apesar de ter sido ultrapassado pelo Internacional e ter caído para a quarta posição. Na segunda-feira, pela 30ª rodada, o time de Rogério Ceni enfrenta o Goiás, 18º lugar, no Estádio da Serrinha, em Goiânia.
Publicidade
Depois, como mandante, enfrentará o Palmeiras no Mané Garrincha, na quinta, dia 21 de janeiro, uma vez que o Maracanã está à disposição da Conmebol para a disputa da decisão da Copa Libertadores, entre Santos e Palmeiras, no dia 30.
Já pela 32ª rodada o compromisso é diante do Athletico, na Arena da Baixada.