Ricardo Oliveira lidera ranking de artilheiros do ano no Brasil; Fred e Gustagol entram no top 10

Aos 38 anos de idade, Ricardo Oliveira segue mostrando que ainda é um dos maiores artilheiros em atividade no Brasil. Contra o Danubio, do Uruguai, no meio de semana, o atacante marcou seu 7º gol em quatro partidas disputadas na temporada e assumiu a liderança do ranking de goleadores do ano no Brasil, que leva em conta apenas os jogadores que atuam por equipes da Série A.

Poupado no sábado, contra a Caldense, porém, o centroavante do Galo viu alguns rivais se aproximarem na lista. Michael, destaque do Goiás, mais uma vez balançou as redes no Estadual, assim como Fred, do Cruzeiro, e Jean Mota, do Santos. Também no meio de semana, Gustagol, do Corinthians, balançou as redes duas vezes e entrou no top 10. Veja o ranking atualizado:

1º - RICARDO OLIVEIRA, DO ATLÉTICO-MG - 7 GOLS

Com média de quase dois gols por jogo, Ricardo Oliveira iniciou 2019 com tudo. Terceiro maior goleador do Brasil em 2018, entre os jogadores da Série A, com 22 bolas na rede, o atacante já marcou sete vezes em apenas quatro partidas disputadas.

No meio de semana, o centroavante marcou dois gols no empate em 2 a 2 com o Danubio, do Uruguai, pela Libertadores, e assumiu a ponta do ranking de artilheiros do ano no Brasil, superando Gilberto, do Bahia, e Patrick Fabiano, do CSA.

2º - GILBERTO, DO BAHIA, E PATRICK FABIANO, DO CSA - 6 GOLS

Na segunda colocação do ranking, Gilberto, do Bahia, e Patrick Fabiano, do CSA. A dupla liderava a lista até a última atualização, mas acabaram superados por Ricardo Oliveira, do Atlético Mineiro.

Os dois goleadores marcaram seis vezes até agora na temporada, mas passaram em branco nos dois últimos jogos e viram o artilheiro do Galo assumir a ponta do ranking.

4º - MICHAEL, DO GOIÁS, E JEAN MOTA, DO SANTOS - 5 GOLS

Na quarta colocação do ranking, uma outra dupla: Jean Mota, do Santos, e Michael, do Goiás. Artilheiros do Paulistão e do Goiano, respectivamente, os dois balançaram as redes cinco vezes nesta temporada. No fim de semana, inclusive, cada um deixou a sua marca.

Curiosamente, nenhum dos dois tem fama, nem números, de goleadores. O melhor ano de Jean foi em 2016, quando marcou oito vezes. Já Michel, destaque da Série B em 2018, marcou apenas sete gols no ano passado, seu melhor desempenho até hoje. Recordes que devem ser batidos em 2019.

6º- GUSTAVO, DO CORINTHIANS, FRED, DO CRUZEIRO, DERLIS GONZÁLEZ E CARLOS SÁNCHEZ, DO SANTOS, LUCIANO E YONY GONZÁLEZ, DO FLUMINENSE - 4 GOLS

Na sexta posição do ranking, uma turma que vem subindo nos últimos jogos: Fred, do Cruzeiro, Gustagol, do Corinthians, Derlis González e Carlos Sánchez, do Santos, e Yony González e Luciano, ambos do Fluminense.

Dos seis goleadores, o único que não balançou as redes na última semana foi o colombiano que atua pelo Tricolor Carioca. Todos os outros, no entanto, deixaram suas marcas e entraram no top 10. Destaque para o uruguaio do Peixe e para o centroavante corintiano, que marcaram duas vezes cada um no meio de semana, nos jogos válidos pela Copa do Brasil.

Ricardo Oliveira - Atlético-MG

Ricardo Oliveira tem 7 gols em apenas 4 jogos (Foto: Alessandra Torres/Eleven)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Campeonato Carioca
FlamengoFlamengo
- x -
VascoVasco
Últimas
+ Lidas da semana