Rodolfo Landim, presidente do Flamengo - Marcelo Cortes / Flamengo

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo Marcelo Cortes / Flamengo

Rio - Cinco dos seis presidentes de poderes do Flamengo divulgaram nesta sexta-feira uma nota de solidariedade ao presidente Rodolfo Landim. O mandatário foi alvo de protestos nos últimos dias e xingado durante a vitória por 2 a 0 sobre o Altos-PI, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, em Volta Redonda.
O manifesto foi assinado pelos presidentes dos conselhos Deliberativo (Antônio Alcides), Fiscal (Sebastião Pedrazzi), de Administração (Luiz Eduardo Baptista, Bap), de Grandes-Beneméritos (Túlio Cristiano Machado Rodrigues) e o da Assembleia Geral (Carlos Henrique Fernandes do Santos).
"Pelo presente, os Presidentes de Poderes do Clube de Regatas do Flamengo, legitimamente eleitos, vêm hipotecar solidariedade ao Presidente do Conselho Diretor, Luiz Rodolfo Landim Machado, repudiando, veementemente, as injustas e descabíveis agressões e ofensas que o mesmo vem recebendo", diz o comunicado.
O Flamengo não divulgou a nota em seus redes sociais e também não deu destaque na home de seu site oficial.