Aracaju - Novamente nos braços do povo nordestino, o Flamengo seguiu sua caminhada no início de temporada e convenceu mais uma vez com o grupo principal. Na noite desta quinta-feira (15), diante de mais de 15 mil torcedores na Arena Batistão, em Aracaju, Sergipe, a equipe comandada pelo técnico Tite contou com todo o poder do centroavante Pedro e venceu o Bangu pelo placar de 3 a 0 pela oitava rodada do Campeonato Carioca e assumiu a liderança da Taça Guanabara. Todos os gols do jogo foram marcados pelo camisa nove.
Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos mesmos 18 pontos do Fluminense, mas ultrapassou no saldo de gols (13 a 9). O próximo compromisso será apenas na terça-feira (20), contra o Boavista, no Maracanã.

O jogo

Invicto na temporada, o Flamengo foi a campo para confirmar a ultrapassagem na tabela após o empate do Fluminense com o Vasco no clássico da quarta-feira de cinzas. Embalado e voltando ao ritmo ideal no início da temporada com o time principal, os comandados de Tite, no entanto, encontraram dificuldades na primeira etapa.

A tônica da partida foi de superioridade rubro-negra na parte técnica, postura defensiva do Bangu com linhas sólidas na marcação, e ambos os times sofrendo com o gramado irregular do Batistão. Amarrado, o duelo teve o primeiro gol aos 24 minutos.

O artilheiro resolve

O Flamengo abriu o placar com o que tem de mais importante nos momentos de decisão: qualidade individual. Arrascaeta achou lindo lançamento para Pedro, que, mesmo isolado, driblou a marcação com facilidade, ajeitou o corpo e deu um toque sutil na saída do goleiro. A bola tocou na trave esquerda e morreu no fundo da rede.

Em desvantagem, o time da Zona Oeste carioca, que vendeu o mando pensando nos ganhos financeiros de enfrentar um clube de torcida gigante a nível nacional, deu espaço para novas investidas do Rubro-Negro. O Flamengo, no entanto, desperdiçou boas oportunidades dentro da área com Pedro, que cabeceou em cima de Gabriel Leite, e Gerson, finalizando para fora após desvio de Fabrício Bruno.

Logo na volta do intervalo, o Flamengo sufocou o Bangu em sua saída de bola e a nova postura em campo deu certo. Em um dos movimentos no campo de ataque subindo as linhas, Pedro deixou para Luiz Araújo dentro da área, o camisa sete rolou para trás e o centroavante, sozinho, completou para marcar o segundo aos 12 minutos.

Com a vantagem, Tite aproveitou para quebrar a ideia dos últimos jogos e testar Gabigol e Pedro juntos no comando de ataque. Já que era noite do camisa nove, mais tempo para ele brilha. Aos 28, após cobrança de escanteio pela direita, Fabrício Bruno cabeceou firme, mas o rebote ficou nos pés do matador, que finalizou com a perna esquerda e marcou seu terceiro gol na partida. Logo após o triplete, o centroavante foi sacado de campo e ovacionado pela torcida.
O ímpeto do Flamengo em campo encantou os rubro-negros em Aracaju, que viram uma apresentação de gala mesmo quando a vantagem já havia se consolidado e a vitória encaminhada. O show rubro-negro no Nordeste foi confirmado ao apito final do árbitro Jodis Nascimento de Souza.
Ficha técnica

Bangu 0 x 3 Flamengo

Local: Arena Batistão, em Aracaju (SE)
Data e hora: 15/2 (quinta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Arbitragem: Jodis Nascimento de Souza
Assistentes: Marcus Vinícius Machado e Lucas Castro dos Santos

Gols: Pedro 24'/1ºT, 12'/2ºT e 28'/2ºT (FLA)

Cartões amarelos: Renatinho (BAN); Igor Jesus (FLA)

BANGU : Gabriel Leite; Gabriel Saulo (Yaya Banhoro), Lucas Araújo, Victor Oliveira e Erick Daltro; Felipe Soares, Renatinho (Walney), Adsson (Baltoré) e Raphael Augusto; João Victor (Ronald Barbosa) e Anderson Lessa (Edgar Neto). Técnico: França Júnior.

FLAMENGO : Rossi; Varela, Fabricio Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Igor Jesus (Rayan Lucas), Gerson e Arrascaeta (Gabigol); Luiz Araújo (Bruno Henrique), Everton (Matheus Gonçalves) e Pedro (Victor Hugo). Técnico: Tite.