Paulo Sousa reclama de pênalti não marcado e diz crer em virada do Flamengo

Após o empate por 2 a 2 contra o Ceará , Paulo Sousa, técnico do Flamengo , lamentou ter deixado o Castelão sem os três pontos e reclamou da arbitragem de Luiz Flávio de Oliveira. Com seis pontos, o Fla é o 14º colocado no Brasileiro.

O português disse que um suposto pênalti não marcado em Gabigol foi um lance crucial e que poderia ter dado outro destino ao jogo. Ele lembrou ainda do polêmico gol que o camisa 9 teve anulado no clássico diante do Botafogo.

"Não costumo falar de arbitragem, mas houve o lance contra o Botafogo. Hoje, o pênalti poderia ser o 3 a 1. Poderíamos ter feito mais gols, houve um pênalti claro e uma bola na trave", disse.

Sobre o duelo contra o Vozão, Sousa disse que o time caiu de rendimento por conta da queda física de jogadores como Bruno Henrique, Arrascaeta e Isla, o que permitiu que o rival jogasse mais dentro do campo rubro-negro.

"Analiso a capacidade que tivemos na primeira parte, poderíamos ter resolvido o jogo, assim como no início do segundo tempo. O torcedor já passou por vários momentos, o torcedor tem muito amor por esse clube. Ele vai apoiar na dificuldade de resultados. Merecemos, estamos trabalhando. Os momentos não têm sido benéficos, mas vamos focar no que acreditamos e isso vai virar", acrescentou.

Depois um tempo longe de casa, o Fla volta ao Maracanã na terça, às 21h30, quando encara a Universidad Católica (CHI), pela Libertadores .

Imagem: Mateus Bonomi/AGIF

Fonte: Uol
)