Para evitar nova frustração, Flamengo inicia sequência que envolve rivais pelo G-4 e clássico

Depois de empilhar taças de 2019 a 2022, o Flamengo vive ano frustrante. Caiu na semifinal do Mundial e nas oitavas da Libertadores. Sofreu quatro vices, um deles numa reviravolta histórica do Fluminense, que neste sábado sagrou-se campeão da América. E é justamente a Libertadores que pode representar uma nova decepção.

Para evitar ficar fora da competição que disputa consecutivamente desde 2017, o Flamengo inicia a série mais dura de confrontos neste domingo. A sequência começa com o Fortaleza, que foi vice da Copa Sul-Americana e luta por vaga na Libertadores. O Leão da Pici é nono colocado e está a oito pontos do G-6, cujo primeiro integrante é justamente o Rubro-Negro.

Depois do duelo na capital cearense, o Flamengo recebe o Palmeiras no Maracanã na próxima quarta-feira. Além de ter se tornado o maior adversário do Rubro-Negro nos últimos anos, o Alviverde é adversário direto na luta pelo G-4 e também pelo título, ainda que as chances do eneacampeonato sejam irrisórias.

Tite terá sequência que requer muita atenção — Foto: Fernando Moreno/AGIF

No próximo dia 11, no Maracanã, os rubro-negros terão pela frente o Fluminense em seu primeiro jogo após o título da Libertadores dentro do Rio de Janeiro. Embora o Flu (oitavo colocado), não seja mais adversário na busca por vagas na principal competição continental, trata-se de duelo duro e contra um rival de alto nível técnico e sem responsabilidade de resultado.

A dura série de quatro jogos é encerrada contra o Bragantino, no dia 23, após a Data Fifa. A equipe de Bragança Paulista está na terceira colocação e é uma eterna pedra no sapato do Flamengo dentro do Campeonato Brasileiro. No primeiro turno, o Braga goleou o time de Jorge Sampaoli por 4 a 0.

Vantagem ampla do Flamengo contra o Fortaleza

Se o momento é desfavorável, o Flamengo tem inspiração nos próprios números contra o Fortaleza para tentar iniciar uma reação no Brasileiro. Tem ampla vantagem contra o Leão em diferentes quesitos.

No confronto geral, tem mais vitórias: 15 contra sete do adversário - ainda aconteceram três empates. Pelo Brasileiro, enfrentaram-se 16 vezes, com nove triunfos do Flamengo , cinco derrotas e duas igualdades.

O primeiro jogo entre os clubes pela história do Brasileiro foi disputado em 4 de fevereiro de 1981, 10 meses antes do título mundial. O Flamengo fez 8 a 0, a maior goleada da história do confronto e também o recorde de gols do clube numa só partida dentro da competição.

Gabigol é o maior artilheiro de Flamengo x Fortaleza, com sete gols anotados. Marcou em todos os cinco confrontos diante do Leão. Neste domingo, com dores no adutor da coxa esquerda, o 10 da Gávea não joga.

Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

Fonte: Globo Esporte