A CONMEBOL Libertadores oferece em 2024 algo que não acontecia há muito tempo: um time fora do Brasil terminar a fase de grupos com a melhor campanha geral .

O mérito é todo do River Plate , que venceu cinco dos seis jogos que fez, não perdeu nenhum e passou às oitavas de final com 16 pontos, um acima do Atlético-MG e dois à frente de Palmeiras e Fluminense , o atual campeão.

E o que aconteceu na última vez que um brasileiro não cravou a melhor campanha da fase classificatória? O ESPN.com.br conta abaixo.

Isso ocorreu na Libertadores de 2016. Corinthians e Atlético-MG se classificaram como líderes de seus grupos, enquanto Grêmio e São Paulo passaram em segundo lugar. Pior para o Palmeiras, eliminado antes das oitavas.

Nesse ano, a melhor campanha foi do Atlético Nacional , tradicional equipe colombiana que passou de fase com 16 pontos e sem perder nenhum jogo e também não sofrer gols.

O Atlético seguiu em alta na Libertadores até confirmar o favoritismo e ser campeão. Passou pelo Huracán nas oitavas de final, eliminou o Rosario Central na sequência e foi algoz do São Paulo na semifinal, com direito a vitória por 2 a 0 em pleno Morumbis.

Na final, o time colombiano superou o I Independiente del Valle para garantir seu segundo título de Libertadores na história. Daquele elenco, alguns tiveram a chance de atuar no futebol brasileiro meses depois, casos do atacante Miguel Borja e do meia Alejandro Guerra , comprados pelo Palmeiras, e do ponta Orlando Berrío , que atuou no Flamengo .

Agora, cabe ao River manter a escrita e chegar longe na atual Libertadores. Se fizer, terá a grande vantagem de decidir o título em casa, pois a Conmebol definiu que a final única acontecerá pela primeira vez em Buenos Aires.

O sorteio das oitavas de final acontece na próxima segunda-feira (1º), às 13h (de Brasília) , com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+ . Dono da melhor campanha, o River pode enfrentar Botafogo ou Flamengo, que passaram de fase em segundo lugar.