O peso do tropeço: com 11% de chances de título, Flamengo não depende mais de si para ser campeão

Os dois jogos por fazer permitiram ao Flamengo, terceiro colocado do Brasileirão, certa "folga" na preseguição ao líder Atlético Mineiro, um dos rivais na busca pelo título do Brasileirão, nas últimas semanas. Mas os desdobramentos da 21ª rodada do campeonato, neste fim de semana, complicaram o rubro-negro: derrotada pelo Grêmio, a equipe de Renato Gaúcho não depende mais de si para chegar ao título.

Bola de cristal: Ferramenta do GLOBO mostra chances de título, risco de queda e outros dados do seu time

No início da rodada, a diferença entre Flamengo e Atlético era de 8 pontos. Ou seja, se vencesse os jogos contra Athletico e Atlético Goianiense, adiados ainda no primeiro turno e marcados para novembro, o rubro-negro cortaria a diferença para apenas 2 pontos, e poderia ultrapassar os mineiros caso vencesse o confronto direto do segundo turno, marcado para 31 de outubro.

Série B: Empate complica Cruzeiro e Vasco, que têm 3% e 1% de chances de acesso, respectivamente

Agora, o rubro-negro segue com chances de cortar a diferença para 2 pontos, mas não depende apenas dos seus resultados para ultrapassar a equipe de Cuca. Precisa seguir pontuando e torcer por um tropeço do Galo.

Esse cenário anterior explica por que boa parte das calculadoras e especialistas em probabilidades e estatísticas apontavam o Flamengo larga chance de conquista do título em relação ao Palmeiras, vice-líder do campeonato. Agora, a diferença é bem menor: a ferramenta Bola de Cristal do Brasileirão, do GLOBO, aponta o rubro-negro com 11,1% de chances de ser campeão, contra 8,2% e 78% do Atlético .

Fonte: Extra
)