São Paulo - Está definida a primeira final da história da Copinha Feminina. Nesta quinta-feira (14), no Estádio da Rua Javari, o Flamengo sofreu, mas conseguiu garantir sua vaga. Depois de ficar em vantagem três vezes, as rubro-negras empataram em 3 a 3 com o São Paulo no tempo regulamentar, mas venceram nos pênaltis por 4 a 1 e farão clássico com o Botafogo no próximo domingo, no Canindé, às 10h30 (de Brasília), para decidir o título.
O Flamengo começou a partida com tudo e logo abriu o placar. Aos seis minutos, na primeira investida da equipe rubro-negra, Letícia arrancou pela esquerda e não foi acompanhada pela marcação. A camisa cinco invadiu a área e soltou uma bomba cruzada para estufar a rede.
O São Paulo demorou a entrar no jogo, tentou controlar as ações e conseguiu empatar ainda antes do intervalo. Aos 35 minutos, após cruzamento pela esquerda, a goleira Isa Cruz saiu mal e Kédima, zagueira tricolor, ganhou no alto de duas defensoras para completar.
Na volta da segunda etapa, a partida se desenhou de maneira equilibrada, e as duas equipes brilharam em lances individuais. Primeiro o Flamengo, aos 16, com Ana Donato acertando linda finalização da entrada da área, e depois o São Paulo igualando novamente o marcador aos 23, com Ana Júlia, também chutando de longe e acertando o ângulo.
Conseguindo explorar bem o jogo aéreo, as rubro-negras voltaram a ter vantagem apenas aos 32 minutos. Letícia cobrou escanteio pelo lado direito e, após confusão dentro da pequena área, Núbia apareceu para soltar uma e furar o bloqueio da goleira Nanda. O que parecia controlado, se transformou em preocupação já nos acréscimos, aos 48. Milena recebeu lançamento dentro da área, a defesa do Flamengo cochilou, e a atacante do São Paulo tocou de leve para deixar tudo igual e levar para os pênaltis.
Nas cobranças, o Flamengo abriu convertendo com boa cobrança da centroavante Gica. Na sequência, a jogadora do São Paulo parou na trave. Depois disso, Mariana e Núbia fizeram, e a goleira Isa Cruz pegou a tentativa da atleta adversária. Com vantagem, a camisa sete Laysa cobrou forte no meio do gol e marcou o quarto do Fla, que fechou a disputa em 4 a 1.
Flamengo e Botafogo decidirão a primeira Copinha Feminina no domingo (17), no Canindé. As rivais se encontraram recentemente na final da Copa Rio Sub-20, na Gávea, com título decidido nos pênaltis e que ficou com as Alvinegras.