O Flamengo é o virtual campeão da Taça Guanabara e só uma série de resultados improváveis na última rodada tiraria o título. E o retrospecto recente anima ainda mais os torcedores, pois quem levou o troféu desta primeira fase acabou campeão do Campeonato Carioca no formato atual.
Os pontos corridos com 12 clubes foram implementados em 2021 , com o Flamengo conquistando a Taça Guanabara e, posteriormente, o Carioca. O mesmo aconteceu com o Fluminense, bicampeão em 2022 e 2023.
Com 11 rodadas, a tendência é que a equipe mais preparada leve o tradicional torneio que já foi primeiro turno e atualmente é a primeira fase do Estadual. Além de levantar o troféu, a principal vantagem é a possibilidade de ter o direito do empate no placar agregado dos dois jogos da semifinal , contra o quarto colocado.
Em 2021 e 2023, Flamengo e Fluminense não precisaram dessa vantagem contra o Volta Redonda, adversário dos dois. Mas em 2022 o Tricolor contou com o empate no placar agregado (2 a 2, após vencer por 1 a 0 e perder por 2 a 1) para superar o Botafogo.

Edições de Taça Guanabara com pontos corridos

A Taça Guanabara também foi disputada em pontos corridos em outras três ocasiões . Em 2003, o regulamento foi muito próximo ao atual, com 12 clubes e os quatro primeiros classificando-se para a semifinal. E, assim como nesses últimos três anos, o Vasco foi campeão naquela época tanto da primeira fase quanto do Campeonato Carioca.
em 2014 e 2015, a Taça Guanabara tinha  16 clubes . No primeiro ano, o Flamengo levantou os dois troféus, mas no seguinte, o Botafogo foi quem conquistou a primeira fase, mas perdeu a final do Carioca para o Vasco.

Para o Flamengo confirmar o título

Com 24 pontos e três de vantagem para Fluminense e Nova Iguaçu, o Flamengo é o virtual campeão da Taça Guanabara por causa da sua grande vantagem no saldo de gols : 19, contra 8 do Tricolor e 4 da equipe da Baixada.
O Rubro-Negro confirma a conquista com vitória, empate ou até derrota na última rodada. Só não ficará com o título se perder de goleada pelo Madureira e um dos dois adversários também vencer por uma grande diferença de gols . Para isso, seria necessário tirar uma diferença de 11 gols de saldo.
Por exemplo, o Flamengo teria que levar cinco gols do Madureira, no sábado (2 de março) e o Fluminense teria que vencer o Botafogo por seis ou sete gols de diferença .