‘Não me sinto atingido’, diz ex-vice de futebol do Fla após críticas de Diego Alves

As críticas de Diego Alves à diretoria anterior do Flamengo chegaram até o ex-vice de futebol Ricardo Lomba. À frente do departamento durante a crise envolvendo o goleiro, o antigo dirigente se incomodou com o fato de o camisa 1 não ter citado nomes em sua acusação. Intrigado, ele diz que entrou em contato com os representantes do atleta.

— Disseram que não é nada comigo. Só que o Diego Alves jogou na conta do CNPJ, da diretoria do Flamengo. Ele não fala em nomes. Como fiz parte dela, até para poder me defender, seria interessante saber a quem ele se refere — conta Lomba, que diz estar com a consciência tranquila. — Pelo que ele falou, com toda a segurança eu não me sinto atingido. Sempre procurei ter uma postura transparente, falando olho no olho. Mas acho que ele deveria contar para não deixar isso no ar. Inclusive por que ainda há pessoas da direção anterior no clube, como o (Carlos) Noval (diretor de futebol), o (Bruno) Spindel (CEO do clube)...

Reincorporado ao elenco rubro-negro, Diego Alves quebrou o silêncio na manhã desta sexta. Ao lado dos atuais vice de futebol, Marcos Braz , e gerente, Paulo Pelaipe, o goleiro afirmou que nunca se recusou a viajar com o time por não ter aceitado a perda da titularidade. Segundo ele, uma pessoa da diretoria anterior vazou as informações de forma deturpada com o intuito de prejudicá-lo.

As críticas do goleiro, no entanto, não param aí. O atleta acusou a antiga direção de ter usado o episódio para desviar a atenção da imprensa, já que naquele mesmo momento o Flamengo negociava a venda de Lucas Paquetá para o Milan.

— Também não consigo entender onde ele quis chegar com isso. Tudo sobre a venda do Paquetpa foi falado e explicado para a imprensa. Um assunto não tem absolutamente nada a ver com o outro. Foi uma bola fora dele ter dito isto — diz Lomba.

Por fim, Lomba nega que o goleiro não tenha sido procurado por ninguém da diretoria após seu afastamento. Segundo Alves, o atual vice de futebol Marcos Braz foi o primeiro a entrar em contato com ele.

— Fico ainda mais tranquilo em relação a isso. Porque conversei com ele várias vezes. Se ele disser isso de mim não sei nem o que pensar a respeito do atleta — completa o antigo vice de futebol e candidato derrotado na última eleição.

Em outubro, Diego Alves foi afastado do elenco sob a alegação de que se recusou a viajar com o grupo para Curitiba, onde o Flamengo enfrentaria o Paraná. Embora negue ter adotado esta postura na época, o goleiro não explicou o motivo de não ter viajado. Lomba também não quis falar sobre os bastidores da crise.

— Jamais vou colocar isso. É um ano novo e o ambiente precisa ser preservado. Acho que isso deve ser perguntado a ele. Só me reservo ao direito de me manifestar se meu nome for citado.

Fonte: O Globo

Comentários

Jogos

Próximo jogo 2 semanas, 2 dias a partir de agora
Copa do Brasil
Athlético PRAthlético PR
X
FlamengoFlamengo
Qua 10/07 / Arena da Baixada / 21h30
Brasileirão Seria A
CSACSA
0 x 2
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana