Por ​Venê Casagrande


O Flamengo voltou a focar na contratação de Vitinho, do CSKA, depois da negociação com Ryan Babel não ter sido concretizada. O maior desafio é chegar nos 12 milhões de euros pedido pelos russos. E para isso, no último mês, o clube brasileiro autorizou dois agentes a negociarem com os russos (a procuração tem validade de 30 dias, de 15/06 até 15/07), segundo apurou a reportagem do Esporte Interativo . Porém, existe um problema: um desses agentes é Jorge Machado, que não tem uma boa relação com Miguel Gois, empresário do atleta.


O Esporte Interativo quer te conhecer melhor! E, para isso, basta responder um questionário muito rápido! Clique aqui e nos ajude!


Pessoas ligadas a Miguel Gois garantem que as recentes conversas com o Flamengo para uma possível contratação de Vitinho não envolvem Jorge Machado e estão em andamento diretamente com o clube carioca desde a semana passada.


A diretoria do Flamengo adota a postura de não falar sobre negociações, mas, segundo apuração da reportagem, o Rubro-Negro tem interesse. As conversas serão intensificadas nesta semana, mas o desafio é chegar a um acordo com os russos, tidos como negociadores duros.Carlos Noval, diretor de futebol, é o responsável pela "missão Vitinho".


Jorge Machado alega ser intermediário do CSKA no Brasil e, inclusive, garante ter participado da transferência de Vitinho para o Internacional, em 2016, por empréstimo, quando a relação com Miguel Gois ficou arranhada. Machado está na Espanha, onde acompanhou a apresentação do volante Arthur ao Barcelona, e falou sobre a negociação:


"Não há novidades na negociação do Flamengo com o time russo".


Por outro lado, Miguel Gois não confirma e nem sequer atende às ligações do Esporte Interativo, que tenta contato desde a última sexta-feira (13), após a Rádio Globo noticiar que o Flamengo estava por detalhes de fechar com Vitinho e a Fox dizer que havia negociação entre as partes. Miguel, que tem uma relação muito próxima com o jogador e possui confiança da família do atleta, acompanha a pré-temporada do CSKA, na Áustria.


Não é a primeira vez que o Flamengo tentou contratar Vitinho:


Em 2016, quando o Flamengo negociou a contratação de Vitinho, Rodrigo Caetano, então diretor de futebol do clube, conversou tanto com Miguel Gois quanto com Jorge Machado. Na ocasião, o Rubro-Negro acertou as bases salariais com o atacante (algo em torno de R$ 500 mil), mas o CSKA pediu cerca de 11 milhões de euros para liberar o jogador, e a transação não foi concretizada.



D


Clique aqui para receber!