Mauro Cezar: Flamengo não pode ser o clubinho da zona sul

A torcida do Flamengo reagiu à medida que limita a participação de sócios de fora do Rio de Janeiro , o que causou até mesmo uma nota de repúdio por parte dos dirigentes rubro-negros ontem (13), com o Conselho Deliberativo manifestando solidariedade ao presidente Rodolfo Landim.

No podcast Posse de Bola #227 , Mauro Cezar afirma que a torcida do Flamengo se manifestou com razão de forma contrária à medida restritiva aos associados Off Rio, citando entrevista na qual Landim o afirmou que o Flamengo é dos sócios e conselheiros.

"O Flamengo eu sempre imaginei que os donos fossem os torcedores. Os torcedores que estão espalhados por todos os cantos do país e até fora do Brasil. Isso está repercutindo muito, essa coisa da limitação do número de sócios fora do Rio de Janeiro. É um limite de mil sócios aproximadamente, ou seja, você coloca dificuldade para se associar aquele que mora fora do Rio", diz Mauro.

"A torcida do Flamengo é muito maior fora do Rio do que no Rio de Janeiro, o que deveria ser motivo de orgulho para todo rubro-negro, e acho que é para muitos, na verdade vira um obstáculo para quem tem de repente o desejo de dominar politicamente o clube ou alguma coisa assim. O Conselho Deliberativo do Flamengo é absolutamente subserviente ao poder instituído da gestão atual, então a coisa acaba ficando dessa maneira", completa.

O jornalista afirma que a indignação dos torcedores é necessária e que não faz sentido a tentativa de controle do clube nas mãos dos poucos que frequentam a Gávea, enquanto o clube tem o tamanho que tem devido ao grande número de apaixonados espalhados pelo país.

"É bom ver que os torcedores estão de alguma forma se manifestando e se indignando com isso, essa gritaria vai continuar e deve continuar porque o Flamengo não pode ser de alguns três ou quatro, muito pelo contrário. Isso é uma coisa patética, os caras acreditam nisso, que o Flamengo é o clubinho da zona sul, da piscina e da quadra de tênis, do jogo de bocha, do pessoal que vai lá jogar baralho", diz Mauro Cezar.

"De onde sai essa receita de R$ 1 bilhão do Flamengo? Dessa turminha de três ou quatro? Não, sai do tamanho da torcida. Por que a televisão, o patrocinador, agora mesmo o patrocinador lá está comemorando 3 milhões de contas abertas em parceira, o banco que patrocina o Flamengo. 3 milhões de contas abertas, o banco só era conhecido em Brasília, agora é conhecido no Brasil inteiro e tem 3 milhões de contas abertas nessa parceira. Por que? São 3 milhões de pessoas que abriram conta por conta do clubinho da Zona Sul? Que nada, então isso é uma piada", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais ( YouTube , Facebook e Twitte r).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify , Apple Podcasts , Google Podcasts , Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts .

Fonte: Uol
)