Mauro Cezar: Experiência do Renato com Rodinei foi boa para ele nunca mais fazer

Com duas goleadas, somando 9 a 2 no placar agregado, o Flamengo não teve dificuldades para se classificar para a semifinais da Copa Libertadores diante do Olimpia e no jogo da última quarta-feira (18) , em Brasília, o técnico Renato Gaúcho apostou em Rodinei na lateral direita devido à ausência de Isla, que sentiu um desconforto muscular na véspera. Mauro Cezar Pereira avalia que o teste serviu para o treinador notar que não pode contar com Rodinei diante de adversários mais complicados.

No podcast Posse de Bola #153 , o jornalista afirma que ofensivamente Rodinei consegue colaborar, inclusive dando assistência para gol, mas acaba comprometendo o sistema defensivo rubro-negro, ressaltando que o gol e as principais jogadas de ataque do Olimpia nasceram justamente no setor do lateral.

"O que eu achei um tanto preocupante e a experiência do Renato com o Rodinei eu acho que foi boa para ele nunca mais fazer. O Rodinei no ataque criou situações diante de um adversário frágil, porque ele apoia bem, deu passe para gol, mas na defesa é um desastre, observem onde ele estava no lance do gol do Olimpia. Como foi 5 a 1, ninguém está ligando, mas imagine o Rodinei jogando e se posicionando daquela maneira", diz Mauro.

"Até o Filipe Luís não teve tanta dificuldade porque quando atacou o Olimpia usava mais o lado esquerdo do ataque, o lado direito da defesa do Flamengo, que era o mapa da mina. Quando os caras viram lá Rodinei escalado e foi por ali que saiu a jogada do gol do Recalde, o gol do time paraguaio. Tem essa lição aí de casa, não escalar o Rodinei em um jogo contra um adversário mais competitivo e agora certamente serão, até o Barcelona é melhor", completa.

O jornalista também afirma que o Olimpia se mostrou mais fraco do que ele esperava, mas o Flamengo soube cumprir o seu papel diante de um adversário muito inferior.

"Existem detalhes que têm que ser ressaltados, eu até cheguei a dizer antes dos confrontos que o Olimpia era fácil, mas não era carne assada. Eu estava enganado. Era uma carne assada bem temperada o Olimpia, é muito ruim, e muito fraco. Agora, o Inter não conseguiu mostrar essa fragilidade e isso deixou um pezinho um pouco atrás, porque foram dois jogos 0 a 0, o Inter não conseguiu derrotar o Olimpia", diz Mauro.

"O Flamengo venceu realmente com muita autoridade, fez nove gols e essa coisa toda. Há maneiras e maneiras, é bom se falar isso, de você ganhar de um time fraco, e o Flamengo ganhou de uma maneira impactante, poderia fazer 2 a 0 e tal, mas fez nove, perdeu outros gols, também se expôs muito em alguns momentos do primeiro jogo especialmente", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais ( YouTube , Facebook e Twitte r).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify , Apple Podcasts , Google Podcasts , Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts .

Fonte: Uol
)