Logo Netfla

Mauro Cezar cobra diretoria do Fla: 'Os dirigentes têm que aparecer, agora é a hora de botar a cara'

Na manhã desta sexta, durante uma live no canal do Zico, o jornalista Mauro César criticou a apresentação do Flamengo na goleada sofrida para o Independiente Del Valle por 5 a 0 pela Libertadores. De acordo com a visão do comentarista,  os dirigentes devem vir a público e explicar aos milhões de torcedores o momento do time.

- Os dirigentes têm que aparecer, é muito fácil apresentar jogador e ficar comemorando título, agora é a hora de botar a cara. Presidente, vice de futebol, tem que falar com a torcida. Coisa interna nada, o Flamengo não pode ter coisa interna. O Flamengo é o que é porque tem milhões de torcedores pelo mundo, essas pessoas merecem satisfação - cobrou o jornalista.

- O pessoal fala pra mandar o técnico embora. Quem vai assumir o time? O Marcos Braz, o Landim, o Bap vão dar treino? Não tem ninguém? Vão trazer o cara dos juniores pra treinar o time? Tem que ser ele (Domenèc) mesmo, mas ele tem que ser questionado - indagou.

Para ele, apesar das dificuldades que um jogo na altitude impõe aos atletas, a atuação da equipe foi inadmissível e necessita ser discutida para o futuro do clube na temporada. Além disso, ele relembrou que antes do título de 2019, o Flamengo colecionava vexames na Libertadores, e isso voltou a acontecer na noite de quinta-feira.

- Quando você tem um time ruim, tomar goleada, todos os times grandes já tomaram. Agora, tomar goleada tendo um time com os jogadores que o Flamengo tem é difícil de entender e de engolir, merece alguma explicação. Não tem, mas alguém vai tentar justificar o injustificável. A gente sabe que a altitude tem um peso muito grande nesse tipo de jogo, o treinador cometeu muitos erros ao longo da partida, mas não dá - disse, e acrescentou.

- Cinco a zero, e poderia ser mais. Foi uma atuação que não tem paralelo, é algo muito grave e exige discussão, não pode passar em branco. Não é como se fosse um empate com o Bangu no Carioca. É um 5x0 na Libertadores. O Flamengo protagonizou muitos vexames na Libertadores e colocou mais um na lista. Parecia que tinha acabado lá em Lima, mas voltou - frisou.

Confira outros comentários de Mauro Cezar Pereira durante a lvie no 'Canal Zico'

Sobre a responsabilidade de Domenèc Torrent na goleada do Del Valle

- O Domenèc tem uma responsabilidade grande, mas não é só ele. Apontar tudo para ele significar isentar outros responsáveis e deixá-los em uma situação confortável. O que aconteceu ontem foi muito, muito grave. Não é o tipo da coisa que acontece e você fala "passou, tudo bem". Todos tem que ser cobrados.

- Ele falou um negócio que do ponto de vista lógico faz todo o sentido, mas na prática é um absurdo: se fosse mata-mata, seria um desastre. É claro, seria 5x0 e você teria que vencer por seis, estaria praticamente eliminado. De fato, perdeu três pontos, mas deverá se classificar. Mas não é isso que está em discussão. O campeão perdeu de 5x0 e poderia ser mais, foi um vexame. Não pode acontecer. O Barcelona tomou de 8 do Bayern e o que aconteceu? A casa caiu, porque o Barcelona não pode tomar de oito, mesmo para o Bayern. O Flamengo não pode tomar cinco nem do Del Valle e nem do Boca Juniors. Não pode abraçar a derrota.

Sobre a contratação de outro treinador e o legado de Jorge Jesus

- Não tem um técnico capaz de pegar o Flamengo e voltar ao modo Jesus, só o Jesus. E ele tá lá no Benfica. Tem um contrato muito bom, que vai durar muito tempo. Ele é página virada no momento.

Sobre não fechar o time quando já estava 3 a 0

- Quando estava dois, três a zero, era hora de se proteger para evitar o pior. Esse jogo está perdido, não vamos tomar de cinco, seis aqui. Parar no três, de repente no 3x1. O Flamengo se abriu e colocou um tapete vermelho.

- Os jogadores erraram e o técnico também foi muito mal. Isso tem que ter uma conversa, o que você quis fazer aqui? Por que você fez isso? Tem que tentar administrar, não dá para inventar. Esse não é o momento. Alguém tem que falar, e alguma liderança do elenco tem que dar uma explicação ao torcedor.

- Até onde vai a boa vontade dos jogadores nesse momento? Não estou dizendo que o jogador quer derrubar o técnico, que se organizam em reunião no WhatsApp, mas até que ponto há interesse em fazer o que ele pede, ou discutir com ele? Eles estão realmente entrosados ou cada um está querendo remar para um lado? Se há jogador insatisfeito, que vai ficar feliz com a saída do técnico, eu acho que é um negócio meio perigoso.

O futuro do Flamengo na Copa Libertadores 2020

- Acho que a situação para a classificação ainda é bem confortável, até porque o jogo contra o Barcelona de Guayaquil não tem altitude, e eles parecem ser o time mais fraco do grupo. É a hora de tentar uma reorganização, ter uma conversa. Me perguntaram o que o Domenèc tinha que fazer, quanto menos ele inventasse, melhor. Evita muitas mudanças, tenta fazer um jogo pensado, sabendo que na altitude você tem dificuldades extraordinárias. Contra o Barcelona, você tem condição para jogar com mais tranquilidade. Agora, vai jogar sob pressão, a sorte é que o adversário está mais sob pressão ainda.

Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar fez duras críticas à apática atuação do Flamengo na goleada sofrida para o Independiente Del Valle (Reprodução)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Próximo jogo 2dias, 8horas a partir de agora
Libertadores da América
FlamengoFlamengo
X
Junior de BarranquillaJunior de Barranquilla
Qua 21/10 / Maracanã / 21h30
Campeonato Brasileiro
CorinthiansCorinthians
1 x 5
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana