Maurício Souza admite nervosismo de jovens, mas diz: 'Mostraram que podem representar bem o Flamengo'

O Flamengo sofreu, recebeu bola na trave, mas saiu vitorioso com um golaço de Max, nesta terça-feira, no último lance da partida contra o Nova Iguaçu, na sua estreia no Campeonato Carioca (1ª rodada da Taça Guanabara). Logo depois do triunfo no Maracanã, Maurício Souza respondeu sobre o início da trajetória da equipe alternativa - já que o boa parte do elenco principal (além de Rogério Ceni) só retorna às atividades no dia 15 .

- Começar com vitória é muito importante. Sabíamos da dificuldade que iríamos enfrentar, uma equipe que vinha de uma seletiva. Mas os números retratam o resultado, se tivesse que sair um vencedor, teria mesmo que ser o Flamengo, por tudo que criamos. Sentimos um certo nervosismo na equipe, mas eles foram guerreiros, superaram isso e mostraram que podem representar bem o Flamengo - analisou.

Depois, Mauricinho falou a respeito do contato que teve com Ceni antes da estreia:

- O Rogério Ceni me deixou muito à vontade e passou tranquilidade para tocar o início desse projeto. Claro que a gente tenta espelhar a maneira de jogar (do profissional), mas nem sempre é possível, pois depende de peças que se espelhem - comentou Maurício Souza, em entrevista coletiva.

Antes de ir à sala de imprensa, Maurício falou à "FlaTV" sobre Max, o herói da partida desta noite:

- O Max é um garoto muito humilde, com um talento muito grande. Entrou extremamente nervoso, errando coisas que não está acostumado. Mas jogador talentoso pode fazer o que ele fez. Marcou um gol que lembrou o do Gerson contra o Boavista. Tem um futuro brilhante e merece o que está vivendo hoje - disse o treinador.

+ Veja e simule a tabela do Carioca

O Flamengo passa a somar três pontos. A próxima partida do time de Mauricinho será neste sábado, às 18h, contra o Macaé, no Maracanã.

Técnico Flamengo

Equipe de Maurício Souza venceu por 1 a 0 (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Fonte: Lancenet
)