Marília Ruiz: Os maus exemplos do futebol, Luiz Adriano e Dostoiévski

Resort com parças e suas famílias, porque, né, o calendário de jogos é insano. Vocês da imprensa são muito chatos!

Um cassininho clandestino com mais 200 pessoas aglomeradas porque, né, todo mundo já sentiu fome de madrugada. Vocês da imprensa cuidam demais da vida dos outros!

Ou pior ainda: testar POSITIVO para a COVID-19, ser colocado em isolamento pelo seu clube, mas decidir levar a MÃE ao supermercado (na saída ainda atropelar um ciclista, sair do carro, e ficar lá com os transeuntes assistindo ao atendimento à vítima). Vocês da imprensa já vão começar com mimimi ...

Nós da imprensa esportiva, com empregos e vencimentos muito comprometidos pela pandemia e pela paralisação de competições, não fazemos mais do que a nossa obrigação, meus caros. Somos chatos, cuidamos de apurar/investigar/conferimos e publicamos.

No dia do jornalista, quero aqui lamentar que os exemplos dados muitas vezes pelo futebol são vergonhosos, são negacionistas, são ofensivos, são irresponsáveis e beiram o deboche criminoso.

Luiz Adriano, do Palmeiras, sofreu sanção de seu empregador (ok); pediu desculpas (ok); escreveu post padrão dos culpados (ok), mas... justificou sua péssima ação com a aura do filho bonzinho que foi levar a mamãezinha ao mercado.

Eu conto ou vocês contam???

Tenho lido mais do que nunca nesta pandemia para tentar manter a minha sanidade mental. Reli há poucas semanas "Crime e Castigo" de Fiódor Dostoiévski - recomendo fortemente. Grosso modo, o personagem Rakolnikov lida com consciência versus vontade versus ações: para justificar seu crime, ele faz uma ginástica para moldar a moral à sua vontade.

Bem, apesar de "ajudar a mamãezinha" ser um belo clássico, muito melhor é ler Dostoiévski.

PS: Está cada dia mais difícil o futebol defender seu protocolo, seus estudos e ações de muitos de seus principais protagonistas.Será que o Ministério Público de SP vai precisar incluir no Protocolo da FPF que os jogadores, principalmente aqueles infectados, não podem sair por aí nem com a mamãezinha?

Fonte: Uol
)